Pular para o conteúdo
Início » Líder espírita, José Medrado defende que “religiões são apenas rótulos”

Líder espírita, José Medrado defende que “religiões são apenas rótulos”

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Em uma entrevista exclusiva ao Portal M!, o conferencista espírita destacou a ideia da inter-religiosidade 

O fundador da Cidade da Luz, José Medrado, afirma que as religiões são apenas rótulos. Em uma entrevista exclusiva ao Portal M!, o conferencista espírita defende a ideia da inter-religiosidade e compartilha os princípios do espiritismo.

“Não é que eu seja contra as religiões, eu me posiciono dizendo que elas são apenas rótulos, que elas não geram, em si, benefício ao mundo. O benefício está no que você faz, não da religião, mas do que você faz em relação a um outro. Porque um ateu pode ser melhor do que eu, que sou um religioso. Então, eu entendo que, se eu tenho uma vivência cristã, eu não vejo por que segregar, excluir, até perseguir. Não foi isso que Jesus pregou”, refletiu Medrado.

Questionado sobre as pessoas terem dificuldade em compreender que a comunicação e a conexão com Deus devem ser diretas, e a como a religião pode falicitar nesse processo, Medrado ressalta: “Eu digo que as religiões são respostas específicas para buscas específicas em pessoas diferentes. Então, você está em uma religião que você tem as suas buscas respondidas. Essa que eu estou responde as minhas buscas. Então, você vai estar bem, eu também vou estar bem. E eu vou entender. Isso não quer dizer que a sua é melhor ou pior do que a minha”, disse.

Espiritismo

Dentro do espiritismo, o fundador da Cidade da Luz, respondeu ao questionamento sobre a base da religião. Se continua sendo o Kardecismo ou se existem outras referências.

“Em verdade, são cinco livros. O Livro dos Espíritos, foi o primeiro e gerador dos outros quatro, que nós chamamos de O Pentateuco Kardequiano. Mas é interessante que a cada tempo, as pessoas fazem uma espécie de modulação conceitual. Se falava antes, no alto e baixo espiritismo, no espiritismo de mesa branca. O espiritismo é um só, que é até um neologismo, criado por Allan Kardec”, concluiu.

O editor-chefe do Portal M!, Osvaldo Lyra lembrou das críticas direcionadas ao espiritismo, por ser considerado mais uma ciência embasada na racionalidade do que uma religião, e Medrado enfatizou as práticas religiosas associadas à doutrina.

“Toda vez que o espiritismo se debruça para estudar os fenômenos mediúnicos, é ciência. Toda vez que o espiritismo se lança a buscar respostas para aqueles questionamentos filosóficos de quem eu sou, de onde eu vim, para onde eu vou, é filosofia. E toda vez que nós seguimos o axioma maior que Allan Kardec coloca no primeiro livro dos Espíritos, ‘fora da caridade, não há salvação’, é religião”, finalizou.

Leia também:

Da vontade de ter uma casa cheia, nasceu um serviço gratuito para comunidade da Boca do Rio; conheça Creche Béu Machado

Creche gratuita na Boca do Rio nasceu do desejo de um casal de dar assistência a crianças do bairro

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)