Pular para o conteúdo
Início » Dia D: ministra da Saúde visita hospital referência em dengue em Salvador

Dia D: ministra da Saúde visita hospital referência em dengue em Salvador

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Bahia registrou, até última quinta-feira, 23.458 casos prováveis da doença, aumento de 179% em relação ao mesmo período do ano passado

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, visitou, neste sábado (2), dia nacional de mobilização contra a Dengue, em Salvador, as instalações do Instituto Couto Maia (Icom), referência estadual para o atendimento a pacientes com quadro grave da doença. A Bahia registrou, até a última quinta-feira (29), 23.458 casos prováveis de dengue, um aumento de 179% em comparação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, ?64 cidades estão em epidemia, com destaque para a região Sudoeste. Até o momento, oito mortes foram confirmadas pela Câmara Técnica Estadual de Análise de Óbito nos municípios de Ibiassucê, Jacaraci, Piripá, Irecê, Vitória da Conquista, Feira de Santana e Barra do Choça.

“A mobilização e a conscientização são nossas principais armas nesse combate. Cada indivíduo tem um papel crucial e, juntos, podemos reduzir significativamente a incidência da dengue. A prevenção é a chave, e cada ação conta. Bastam 10 minutos para verificar se em casa tem algum foco do mosquito. Vamos unir forças para proteger nossa saúde e nosso futuro”, disse a ministra.

“A presença da ministra da Saúde em Salvador não foi apenas simbólica, mas um testemunho do apoio e da seriedade com que o governo federal encara essa luta”, afirmou Roberta Santana, secretária estadual de Saúde.

Construído pelo Governo do Estado há 5 anos, o Icom já tinha sido destaque nacional no tratamento de pacientes com Covid-19 durante a pandemia e agora volta a se destacar. Em janeiro e fevereiro de 2023, 35 pacientes foram atendidos, enquanto, no mesmo período deste ano, o número saltou para 102, um aumento superior a 190%. Este crescimento no número de casos atendidos destaca a urgência contínua da mobilização e a necessidade de combater o mosquito Aedes aegypti, vetor de transmissão da Dengue, Zika e Chikungunya.

 

Leia também:

Dengue: Ministério da Saúde aponta que casos em gestantes tiveram aumento de 345% neste ano

Infectologista projeta aumento de casos de dengue em Salvador em março e abril

Mobilização Salvador contra a Dengue leva vacinação para nove shoppings neste sábado

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)