Miauz aposta no crescimento de gatos domésticos para expandir operação no Norte-Nordeste

Projeto é idealizado pelo empresário baiano Thiago Costa

Por Redação
29/04/2022 às 16h21
  • Compartilhe
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com duas unidades na capital baiana abertas durante a pandemia da Covid-19, a Miauz tem planos de expansão para outras capitais do Norte e Nordeste com uma proposta ousada: agradar gatos e gateiros e até gateirizar a casa. 

Idealizada pelo empresário baiano Thiago Costa, a Miauz combina loja, cat salão e consultório felino, a partir do conceito de que o ambiente deve atender as necessidades específicas do gato.

"Também amamos cachorros, mas aqui eles esperam do lado de fora. Na Miauz não há latidos nem cheiros de outros animais para que os gatos possam se sentir mais à vontade e tranquilos em um ambiente só deles~, explica o empresário.

Costa ainda destaca que diferente de um pet shop tradicional, o tutor não encontrará apenas ração e medicamentos. "Além de uma infinidade de sachês, varinhas, arranhadores e fontes, temos também itens para os gateiros como canecas, quadros e almofadas".

Expansão das operações

A Miauz aposta no crescimento do mercado brasileiro de produtos pets para expandir as operações no Norte-Nordeste. Conforme estudos da Euromonitor, o Brasil é quarto maior mercado do mundo, estimado em cerca de R$ 23,5 bilhões e se caracteriza por alto crescimento e resiliência em cenários de crise ou desaceleração econômica, inclusive durante a pandemia de Covid-19.

Com a perspectiva de crescimento da população de gatos domésticos em 30% nos próximos cinco anos, praticamente o dobro do estimado para os cães, a Miauz prevê a abertura de novas unidades em Salvador e região metropolitana, além de outras capitais. O número total de gatos no Brasil deve saltar de 33 para 44 milhões de felinos.