Pular para o conteúdo
Início » TSE retoma julgamento que pede cassação do mandato de Sérgio Moro

TSE retoma julgamento que pede cassação do mandato de Sérgio Moro

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Recursos alegam abuso de poder econômico e pedem inelegibilidade por 8 Anos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retomará nesta terça-feira (21) o julgamento do recurso que solicita a cassação do mandato do senador Sérgio Moro (União Brasil-PR). A sessão está marcada para as 19h, e o presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, indicou a intenção de concluir o julgamento ainda hoje.

A Corte avaliará os recursos apresentados pelo Partido Liberal (PL) e pela Federação Brasil da Esperança (composta por PT, PV e PC do B) contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), que absolveu o senador e ex-juiz da operação Lava Jato.

Os referidos partidos protocolaram os recursos em 22 de abril, acusando Moro de abuso de poder econômico por ter iniciado uma campanha como pré-candidato à Presidência da República antes de se lançar oficialmente como candidato ao Senado pelo Paraná. De acordo com dados do DivulgaCandContas, o senador declarou, durante o período oficial, aproximadamente R$5.100.000,00, ultrapassando o limite legal de R$4.400.000,00.

As agremiações partidárias demandam a cassação do mandato e a declaração de inelegibilidade do congressista por um período de 8 anos. Os suplentes do senador, Luis Felipe Cunha e Ricardo Guerra, também são réus nas ações. Em 9 de abril, o TRE-PR decidiu, por 5 votos a 2, rejeitar as ações apresentadas pelos partidos contra o parlamentar.

 

 

Leia também:

PGR denuncia nove envolvidos em bloqueios de rodovias após eleições em 2022 

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)