header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » “Não acho que a gente tenha problema no Congresso”, diz Lula sobre articulação política

“Não acho que a gente tenha problema no Congresso”, diz Lula sobre articulação política

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Presidente argumenta que divergências são parte natural da política e prevê resultados positivos em próximas votações

Nesta terça-feira (23), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) refutou a existência de problemas de articulação política no Congresso Nacional, que foram apontados por parlamentares nos últimos meses. “Eu sinceramente não acho que a gente tenha problema no Congresso. A gente tem as situações que são as coisas normais da política”, declarou em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto. As informações são do G1.

Lula argumentou que a divergência política é comum no Congresso Nacional, dada a presença de vários partidos políticos com programas diferentes. Ele também sugeriu que essa divergência é parte normal do processo político.

“A coisa mais normal é que, quando você dê entrada com um projeto de lei ou uma medida provisória, tenha gente que queira incluir ou tirar alguma coisa”, completou o presidente.

Lula também destacou estar “muito tranquilo na relação com o Congresso Nacional” e antecipou resultados favoráveis para as próximas votações.

Até agora, o cenário aponta possíveis contratempos em vetos, como no projeto que limita as “saidinhas” de presos, e pressões para aprovar pautas controversas, como a PEC do Quinquênio, com potencial de gerar custos adicionais de até R$ 82 bilhões nos próximos três anos.

 

Leia também: 

Lula anuncia inclusão de 1,2 milhão de alunos no Pé-de-Meia

Preço da carne já baixou, mas ‘tem que baixar muito mais’, afirma Lula

Bruno diz que se preocupa com sua avaliação e não de Lula e Jerônimo em Salvador

Política