Pular para o conteúdo
Início » “Meu adversário não pode falar do passado porque não fez nada por Camaçari em 12 anos”, dispara Flávio Matos

“Meu adversário não pode falar do passado porque não fez nada por Camaçari em 12 anos”, dispara Flávio Matos

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Matos também disse que Caetano "não se preocupa com o povo" e "não fala uma vírgula sobre os problemas do Estado"

Durante a abertura dos trabalhos legislativos da Câmara de Camaçari, o presidente da Casa e pré-candidato a prefeito, Flávio Matos (União Brasil), cutucou o seu adversário na corrida ao cargo de chefe do Executivo municipal, o secretário de Relações Institucionais do Governo do Estado, Luiz Caetano (PT). Na ocasião, Matos afirmou que o petista não fala sobre o passado “porque nada fez durante os oito anos de seu governo”. 

“Ele [Caetano] não pode falar do passado porque não fez nada por Camaçari quando foi prefeito, nem do presente como secretário de Relações Institucionais, pois não traz nenhum benefício para o município, ocupa um lugar importante mas nada faz, não se preocupa com o povo, não fala uma vírgula sobre os problemas do Estado”, disse. 

Flávio Matos frisou a sua preocupação com o futuro da cidade e disse que uma de suas primeiras iniciativas, sendo eleito, seria o compromisso com a dignidade das pessoas. “Vamos falar de futuro, da capacitação dos jovens, do investimento na educação, da climatização das salas de aula, da escola em tempo integral na rede municipal. O povo de Camaçari quer seguir olhando para frente e para o novo”, destacou. 

O presidente do Legislativo criticou ainda a condução de seu adversário nesse período de pré-campanha. “Quero saber o que ele tem a propor, meu adversário está correndo do debate, não tem discurso. Ele fala dos problemas municipais, mas não tem coragem de falar das dificuldades que são de responsabilidade do governo estadual. O povo não quer mais isso, o discurso está ultrapassado, o povo já escolheu, o povo não quer a política da opressão, o povo quer o novo para governar”, concluiu Flávio.

 

Leia também:

Flávio Matos afirma que requalificação do Centro Histórico de Camaçari “é um grande marco do governo”

Flávio Matos reafirma desejo de construir mercado municipal em Vila de Abrantes

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)