Pular para o conteúdo
Início » Eleições 2024: Prefeito anuncia reforma administrativa até sexta-feira

Eleições 2024: Prefeito anuncia reforma administrativa até sexta-feira

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Pelo menos seis dirigentes municipais devem entregar seus cargos para tentar vaga na CMS 

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) confirmou, na manhã desta segunda-feira (1°), que uma pequena reforma administrativa será anunciada até a próxima sexta-feira (5) devido às eleições municipais. Pelo menos, seis dirigentes municipais devem entregar seus cargos para tentar a uma vaga na Câmara Municipal de Salvador (CMS)

Em entrevista ao Portal M!, o prefeito mencionou já estar fechando os nomes que vão suceder os vereadores licenciados Luiz Carlos (presidente municipal do Republicanos), que hoje comanda a pasta de Infraestrutura e Obras Públicas (Semop), e Marcelle Moraes, atual titular da Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis). A presidência da Limpurb, hoje ocupada por Omar Gordilho (PDT), também passará por renovação, segundo Bruno Reis.

“Até sexta-feira nós vamos anunciar quem vai suceder Luiz Carlos, quem vai suceder Marcelle Moraes e quem vai suceder Omar Gordilho na Limpurb. Até sexta-feira, a gente anuncia para vocês quem serão essas três substituições que irão ocorrer até o dia 6 por conta do calendário eleitoral”, pontuou ao Portal M! durante evento de assinatura da ordem de serviço para a construção da nova arena multiuso de Salvador, no Parque dos Ventos, no bairro Boca do Rio.

Apesar de não ter sido citados, outros nomes que também devem deixar os postos são a vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT) na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) que deve concorrer novamente na chapa majoritária à reeleição; Felipe Lucas (União Brasil), da diretoria-geral de Esportes; e Zilton Kruguer (PDT), da Codecon, que podem disputar a vereador.

Questionado sobre avanços de alianças com partidos ainda ligados ao governo do Estado e também sobre a desidratação do Solidariedade, Bruno comentou sobre os últimos ajustes diante do fechamento de janela partidária e prazo para descompatibilização.

“Até sexta-feira são fortes emoções, mas nossos vereadores, os nossos candidatos, nossos aliados, todos que estão ao nosso lado, os presidentes de partidos, sabem o quanto eu tenho me dedicado nesses últimos dias e o quanto eu vou me dedicar até sexta-feira”, ressaltou.

Segundo ainda o prefeito, a semana será dividida em novas entregas pela comemoração do aniversário de 475 anos de Salvador e articulações finais para a construção dos pré-candidatos a vereador da sua base.

“Será uma semana marcada por grandes entregas. Amanhã [terça-feira] vamos inaugurar a maior escola que a prefeitura já construiu na cidade de Salvador e aí vai até sexta-feira com a entrega de mais uma etapa do programa Mané Dendê. Então, vamos estar na agenda administrativa entregando os presentes para a cidade, mas também dedicado a essas conversas finais. Tenho certeza, convicção, que ao final nós vamos apaziguar toda a nossa base, vamos atender às expectativas dos presidentes dos partidos que estão na nossa aliança, vamos permitir que os vereadores possam ter condições de disputar uma reeleição, como os candidatos novos, os suplentes de vereadores, os líderes comunitários, os líderes dos diversos segmentos da cidade possam ter condições de disputar e realizar o seu sonho de ser vereador”, destacou ao Portal M!.

 

Leia também:

Sem mencionar nomes, prefeito confirma candidatura de secretários

Nova arena multiuso de Salvador vai custar R$ 162 milhões, diz Luiz Carlos

Ana Paula Matos avalia situação da dengue em Salvador: “Estamos melhor do que o resto do país”

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)