header1_bg
Pular para o conteúdo
Início » ACM Neto critica liderança da Bahia em homicídios e cobra ação de Jerônimo

ACM Neto critica liderança da Bahia em homicídios e cobra ação de Jerônimo

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Vice-presidente do União Brasil usou redes sociais para cobrar medidas efetivas na segurança pública do estado

Diante dos dados do mapa da segurança pública, divulgados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, o vice-presidente do União Brasil, ACM Neto, voltou a usar as redes sociais, nesta terça-feira (4), para questionar o governador Jerônimo Rodrigues (PT) sobre as medidas de segurança no estado. A Bahia permanece líder nacional em homicídios.

“Esse é o estudo conduzido pelo governo federal. Infelizmente, a Bahia está pelo sétimo ano consecutivo em primeiro lugar no número de mortes violentas do Brasil. Nós registramos uma média de 12 assassinatos por dia em nosso estado. Significa dizer que a cada duas horas morre uma pessoa em território baiano, vítima da violência”, disse Neto no vídeo publicado em sua conta no Instagram.

Neto continuou no vídeo destacando que a Bahia sozinha representa cerca de 13% do total de homicídios do Brasil. Ele criticou o governo Jerônimo Rodrigues, questionando suas ações de trabalho e ressaltando que “já passou da hora de priorizar a segurança pública”, o combate à violência e a proteção à vida do cidadão baiano.

“Não podemos deixar de perguntar ao governador Jerônimo Rodrigues o que ele tem a dizer disso, porque esse estudo que acabou de ser divulgado é do governo federal, é do governo do presidente Lula. Então, governador, o senhor com as palavras que devia prometer menos e fazer mais”, finalizou o ex-prefeito de Salvador.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ACM Neto (@acmnetooficial)

Leia também: 

Ricardo Almeida comemora decisão de prefeito concorrer reeleição em Salvador

Jerônimo sanciona lei que institui o programa Bahia Pela Paz

Ana Paula Matos desconversa sobre sucessão e cresce especulação sobre nomes para a Saúde

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Política