Pular para o conteúdo
Início » Cresce para 39% o percentual de consumidores cautelosos na Black Friday

Cresce para 39% o percentual de consumidores cautelosos na Black Friday

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas  e pelo SPC Brasil mostra que cresceu em sete pontos  o percentual de consumidores que pretendem avaliar preços antes de comprar na Black Friday

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que cresceu em sete pontos (indo para 39%) o percentual de consumidores que pretendem avaliar preços antes de comprar na Black Friday. Em sua 10ª edição no Brasil, a promoção acontece na sexta-feira (29). A iniciativa é controvertida, envolvida em acusações de fraude (aumentar o preço antes e depois baixar para o valor normal para simular um desconto) mas com boa adesão dos consumidores. O levantamento da CNDL/SPC constata ainda que metade dos clientes têm intenção de participar do evento este ano, com gasto médio por pessoa de R$ 1.132.
 
A pesquisa indica que nove em cada dez (91%) entrevistados planejam pesquisar preços antes de adquirir algum item, principalmente para confirmar se os produtos realmente estão na promoção, ou seja, com preços mais baixos do que o normal (54%).
 
Considerando aqueles que pretendem buscar informações sobre as ofertas, 40% afirmaram que olhariam os preços a menos de 30 dias da Black Friday, enquanto 28% fariam pesquisa com um mês de antecedência e 11% até dois meses  antes.
Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a Black Friday deste ano promete ser diferente em relação aos outros anos. “O consumidor brasileiro está mais exigente, em busca de experiências e bons descontos”, afirmou.
 
Entre os que pretendem comprar produtos com descontos consultados pela CNDL/SPC, 76% consideram a data uma oportunidade de adquirir itens que estejam precisando com preços mais baixos. Além disso, 32% querem antecipar os presentes de Natal de olho nas promoções e 17% planejam aproveitar as ofertas mesmo sem necessidade de comprar algo no momento.

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)