Pular para o conteúdo
Início » Venda de data extra para o show de Bruno Mars no Rio de Janeiro é adiada; entenda

Venda de data extra para o show de Bruno Mars no Rio de Janeiro é adiada; entenda

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

 Prefeito Eduardo Paes não autorizou shows serem realizados na véspera e antevéspera das eleições

A produtora responsável pela vinda de Bruno Mars ao Brasil, em outubro, a Live Nation Brasil,  anunciou na manhã desta quinta-feira (9), que postergará a pré-venda e a venda do show extra do cantor, em 5 de outubro, na cidade do Rio de Janeiro, devido à proximidade da data com o 1º turno das eleições municipais, no dia 6 do mesmo mês. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), avisou pela rede social X (antigo Twitter), na quarta-feira, 8, que a mobilização das autoridades para as eleições tornaria o show inviável. “A prefeitura do Rio de Janeiro não deu e não dará autorização”, escreveu.

Segundo a produtora, o adiamento da venda de ingressos para o show extra foi um pedido da prefeitura, com quem trabalhará para “encontrar uma solução para os fãs”. No entanto, os ingressos para o show do dia 4 de outubro foram esgotados e a data permanece confirmada pela Live Nation, apesar da represália de Eduardo Paes. A nova data da venda e da pré-venda de ingressos não foi confirmada.

Sobre a razão do adiamento dos shows na cidade do Rio, o prefeito se pronunciou em sua redes sociais: “O processo eleitoral exige uma mobilização muito grande de servidores para acontecer. Isso se dá, principalmente, em relação às forças policiais e à guarda municipal. Imaginar que vai se fazer qualquer grande evento no Rio de Janeiro (diria até que no Brasil) às vésperas das eleições é absurdo pela necessidade de mobilização de uma grande quantidade desses mesmos agentes públicos”, explicou Eduardo Paes.

Em seguida, ele afirmou que a produção do show foi afirmada sobre a impossibilidade de se realizar o show de Bruno Mars no dia 4 de outubro, mas que a venda foi realizada mesmo assim. “A prefeitura do Rio de Janeiro não deu e não dará a autorização para o referido espetáculo na semana das eleições. Se os avisos dados não foram suficientes, que essa publicação sirva para não se imaginar que vai se criar uma situação irreversível. Fora desse período, será uma honra receber o artista Bruno Mars na cidade do Rio”, finalizou.

Os ingressos para a apresentação do cantor esgotaram no dia da abertura das vendas, fazendo com que datas extras fossem abertas para o Rio de Janeiro também no dia 5 de outubro, além de outras duas datas em São Paulo e uma em Brasília.

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)