header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Editoras universitárias fomentam produção literária na Bienal do Livro Bahia 2024

Editoras universitárias fomentam produção literária na Bienal do Livro Bahia 2024

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Aproximadamente 340 títulos estão em exposição

O Governo da Bahia, por meio das editoras das quatro instituições estaduais de Ensino Superior, está fomentando a produção de autores, na Bienal do Livro Bahia 2024. Com, aproximadamente, 340 títulos em exposição, as universidades estaduais de Feira de Santana (UEFS), de Santa Cruz (UESC), do Sudoeste da Bahia (UESB) e do Estado da Bahia (UNEB) apresentam, por meio de suas publicações, a diversidade cultural e intelectual baiana, bem como divulgam obras que vão desde a literatura infantil até produções científicas, no Espaço do Governo do Estado, montado no evento literário.

A Eduneb, editora da UNEB,  apresenta 84 títulos, incluindo 61 obras autorais e 23 coletâneas. Já a Editus, editora da UESC, destaca mais de 120 títulos, abrangendo trabalhos de professores, técnicos, estudantes e ex-alunos. A UEFS Editora, por sua vez, trouxe 61 títulos, enquanto a Edições UESB contribui com a divulgação e venda de mais de 80 títulos.

Para os gestores das editoras das universidades estaduais baianas, a contribuição destas vai além da simples exposição de títulos. Ou seja, elas desempenham um papel fundamental no incentivo à produção intelectual nos diversos territórios de identidade, apoiando autores locais e fornecendo um espaço para o surgimento de novos talentos. 

Além da exposição e venda de livros, as editoras das universidades estaduais da Bahia também promoveram uma série de atividades durante a bienal, como lançamentos de livros, sessões de autógrafos com os autores locais e participação de apresentações no estande do governo.

Os interessados em participar do Prêmio Professora Zélia Saldanha podem se inscrever, de forma gratuita, através do site até dia 6 de maio.

 

Leia também:

“Bob Por Elas”: Cantoras homenageiam legado de Bob Marley no Dia Nacional do Reggae 

Bruno Reis exalta Bienal do Livro Bahia como maior evento literário do país 

Festival Salvador Jazz terá oficinas sobre história da música negra 

Marcações:

Política