header1_bg
Pular para o conteúdo
Início » Ultrapassagens proibidas são a maior causa de acidentes nas estradas

Ultrapassagens proibidas são a maior causa de acidentes nas estradas

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

A PRF montou uma operação, que segue até domingo, para garantir a segurança viária nas rodovias e  alertar os motoristas sobre medidas de prevenção que devem ser tomadas

Com o feriado de Corpus Christi, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) montou uma operação para garantir a segurança viária nas rodovias e  alertar os motoristas sobre medidas de prevenção que devem ser tomadas.

Desde a 00h da última quarta-feira (29) até às 23h59 do  próximo domingo (2), o órgão vai reforçar a fiscalização principalmente sobre as ultrapassagens proibidas, que tem sido as principais causas de acidentes nos últimos feriados.  No entanto, na lista de atitudes perigosas dos motoristas estão excesso de velocidade, álcool e direção,  uso celular, falta de cinto de segurança e cadeirinhas.

Na BR-324 o motorista deve ter atenção redobrada no trecho entre Salvador e Feira de Santana devido ao intenso fluxo de veículos que saem da capital para o interior. Na 116, a atenção deve ser entre o trecho urbano de Vitória da Conquista.

Entre janeiro e abril de 2024, as ultrapassagens indevidas resultaram em 113.360 infrações. Em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 104.228 autuações, o índice representa aumento de 8,76%. Os sinistros de trânsito provocados pelas manobras irregulares também tiveram alta no mesmo período.

A operação da PRF visa obter uma redução de acidentes em relação ao feriadão do ano passado, quando foram registrados 45 acidentes, com oito mortes e 39 pessoas feridas.

Assim como no ano passado, quando a fiscalização durou cinco dias nas estradas, este ano a operação vai intensificar o trabalho com foco na prevenção dos acidentes. 

Em 2023  durante os cinco dias da Operação Corpus Christi, a PRF na Bahia registrou uma redução de 34,7 % no número de acidentes totais em relação ao ano de 2022, quando se registrou 69 acidentes, com 9 mortes e 91 feridos.

Leia também

Salvador firma acordo com Israel para desenvolvimento de projetos e intercambio tecnológico

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Política