Pular para o conteúdo
Início » Secretário de Segurança Pública destaca operações para combater facções criminosas

Secretário de Segurança Pública destaca operações para combater facções criminosas

Marcelo Werner
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)
De acordo com registro da Polícia Civil, no mês de maio foi registrado o menor número de morte violenta dos últimos 12 anos

O secretário Estadual de Segurança Pública, Marcelo Werner, destacou as ações da SSP para combater as facções criminosas no estado e promover uma melhor qualidade de vida para a população, na manhã desta segunda-feira (10), durante conferência que aconteceu no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O titular da pasta apresentou o balanço das operações realizadas no primeiro semestre de 2024.

“Fizemos diversas operações de inteligência nesse primeiro semestre, buscando fazer os combates às facções criminosas. A gente vai fazer, como sempre fizemos desde o início da nossa gestão, o combate qualificado. A busca consiste em, cada vez mais, descapitalizar e alcançar as lideranças”, afirmou Werner.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), mais de três toneladas de drogas foram apreendidas ao longo desse ano, além de 214 mil pés de maconha erradicados e 20% a mais de armas de fogo retiradas da circulação, sendo quase 3 mil armas apreendidas pelas forças de segurança.

Marcelo Werner exaltou a parceria entre as forças de segurança do estado. “Total integração entre a Polícia Militar, a Polícia Civil, o Sistema Penitenciário, a Polícia Federal, Ministério Público e Poder Judiciário, em um trabalho incansável para fortalecer a segurança e melhorar a qualidade de vida da nossa população”, disse o secretário.

De acordo com registro da Polícia Civil, o mês de maio apresentou menor número de morte violenta (347 casos) dos últimos 12 anos. Nos primeiros cinco meses de 2024, a PC já anotou 1.928 casos, mostrando uma redução de 10,8% ao ano passado, que apresentava 2.162 mortes.  

Leia também:

PF destrói 255 hectares de plantação de maconha na fronteira com Paraguai

Alberto Maraux/Ascom SSP
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)