Pular para o conteúdo
Início » Pessoas surdas e com deficiência auditiva relatam benefícios da canoagem com aulas gratuitas em Salvador

Pessoas surdas e com deficiência auditiva relatam benefícios da canoagem com aulas gratuitas em Salvador

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

As atividades que ocorrem no clube Kaiaulu Va'a contam com 15 profissionais capacitados em libras e em técnicas de resgate e salvamento

Equilíbrio, capacidade muscular, condição física e estilo de vida: esses são alguns dos benefícios que os alunos do Projeto Sinais, que oferece atividades esportivas, culturais e de cidadania para pessoas surdas, deficientes auditivos e implantados cocleares, vivenciam com as aulas de canoagem no clube Kaiaulu Va’a. A prática ocorre de maneira gratuita quinzenalmente na Praia da Preguiça, no Centro.

As aulas são feitas de maneira adaptada e inclusiva. Lorena Lago, gestora da Kaiaulu Va’a, destaca que uma das mudanças foi o comando sonoro de troca de lado da remada, chamado “hip” feito na proa da canoa. Agora é feito por um comando visual, com sinal de troca feito na popa da própria canoa.

“Capacitamos e certificamos a equipe com curso básico de libras, com professor surdo, pela Central de Libras da Prefeitura de Salvador em parceria com a Diretoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, temos acompanhamento de intérprete de libras da Rua Sinalizada e Dê um Sinal e adequamos a orientação de instrução e metodologia de aula para atender as pessoas surdas e com deficiência auditiva para promover uma experiência única e inesquecível na canoa havaiana”, pontua.

O projeto, pioneiro no Brasil, é uma iniciativa do Clube de canoagem Kaiaulu Va’a, Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (SEMPRE), em parceria com a Associação de Remo Salvador (ARS). Desde a aula inaugural no dia 4 de maio, mais de 65 pessoas já participaram.

O projeto também é uma reafirmação do nome do clube, que significa “Comunidade da canoa”, mostrando que a comunidade é inclusiva. Além de remar e fazer exercícios físicos, os alunos tomam banho de mar e veem Salvador por um novo ângulo.
 
Para participar, basta fazer a inscrição no local com documento de identificação ou através do WhatsApp do projeto (71 98419-6372). O calendário de atividades pode ser acessado no Instagram do projeto e de seus parceiros.

 

 

Leia também:

Líder de uma das maiores facções criminosas do país é preso em Porto Seguro 

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)