Pular para o conteúdo
Início » Governo do Rio Grande do Sul irá repassar doações a 45 mil famílias afetadas pelas enchentes

Governo do Rio Grande do Sul irá repassar doações a 45 mil famílias afetadas pelas enchentes

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Campanha arrecadou mais de 93 milhões de reais e o repasse será realizado via pix

Nesta segunda-feira (13) o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), confirmou que as maiores partes das doações arrecadadas em campanhas serão repassadas na forma de auxílio emergencial para 45 mil famílias afetadas pelas enchentes. Cada família irá receber o valor de 2 mil reais. As informações são da Agência Brasil.

Em coletiva de imprensa, o governador informou que o valor arrecadado pelas campanhas de doações está sendo destinados para os desabrigados ou desalojados de cidades em situação de calamidade pública reconhecida pela Defesa Civil. Segundo Eduardo Leite, o dinheiro é uma forma de incentivo para que a população reconstrua suas vidas após o desastre.

Vale ressaltar que as pessoas inscritas em programas sociais como CadÚnico ou Cadastro Nacional de Agricultura Familiar (CAF) também poder requerer esse auxilio emergencial. Para ser contemplada, a renda familiar não pode ter renda acima de 3 salários-mínimos, nem ser beneficiaria do programa estadual Volta Por Cima, que destina 2,5 mil reais para pessoas pobres ou em extrema pobreza (segundo o governo gaúcho, esse para beneficiários desse programa R$00 milhões já liberados).

Leite assegurou que a aplicação dos recursos arrecadados para auxiliar as famílias atingidas será totalmente transparente, com detalhes sendo publicados em portais oficiais. O auxílio financeiro será disponibilizado através de cartões pré-pagos emitidos pela Caixa Econômica Federal, que poderão ser utilizados para saques em agências e pontos de atendimento, bem como para pagamentos no débito em estabelecimentos comerciais.

O Comitê Gestor, formado por representantes do governo estadual e entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil seccional, Rotary, Lions Club, a Central Única das Favelas (Cufa), e a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), decidiu que cada família atingida pela tragédia receberá R$ 2 mil. A campanha de doações via Pix também financiará a compra de 30 mil cobertores, que ajudarão a enfrentar o frio.

Leia também:

Governo Lula suspende dívida do Rio Grande do Sul por três anos

PM-BA recebe doações para desabrigados no Rio Grande do Sul

Enem será realizado nos dias 3 e 10 de novembro; veja outras datas

    banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
    banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
    2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)