Pular para o conteúdo
Início » Espaços Culturais do Centro Histórico ultrapassam 200 mil visitações em 2024

Espaços Culturais do Centro Histórico ultrapassam 200 mil visitações em 2024

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

De janeiro a março de 2024, um total de 201.734 visitantes passaram pelos centros culturais instalados pela Prefeitura

O aumento da circulação de turistas no Centro Histórico de Salvador tem chamado a atenção desde o ano passado. De janeiro a março de 2024, um total de 201.734 visitantes passaram pelos centros culturais instalados pela Prefeitura.

Foram 71.087 visitas ao Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira; 32.508 à Cidade da Música; 32.225 à Casa das Histórias de Salvador; 28.376 à Casa do Carnaval; 17.188 à Casa do Rio Vermelho; 16.376 à Galeria Mercado; 1.777 ao Espaço Pierre Verger; 1.540 ao Espaço Caribé; e 951 no Memorial Dois de Julho.

De acordo com dados do Ministério do Turismo, Salvador é o destino que possui mais interesses dos brasileiros neste ano de 2024, à frente de Fernando de Noronha, Rio de Janeiro, Lençóis Maranhenses e Florianópolis, respectivamente. Ainda de acordo com a pesquisa, 88% dos entrevistados consideram o turismo importante para a geração de emprego e renda, e 84% consideram o setor fundamental para o desenvolvimento local e regional. 

As estatísticas se materializam como receitas para a cidade. Dados do Observatório do Turismo de Salvador no primeiro semestre de 2024 demonstram que a capital baiana ultrapassou R$3,57 bilhões em movimentação econômica, com uma variação positiva de 3% em relação ao mesmo período do ano passado.  
 
O secretário municipal de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, acredita que as estatísticas revelam o potencial de Salvador para se consolidar como o principal destino turístico do país. “Os números e a alta adesão da população e de turistas comprovam que há demanda, que com bons equipamentos há muito espaço para o turismo crescer e a economia se movimentar ainda mais”, afirmou. 

Os dados do desempenho hoteleiro até março em Salvador também apontaram uma evolução constante no fluxo de turistas na cidade, indicando uma retomada dos níveis pré-pandemia. Estatísticas da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Seção Bahia (ABIH-BA), a ocupação média dos hotéis alcançou 61,27% no mês de março de 2024, superando os 58,33% registrados em 2023.

No acumulado do primeiro trimestre de 2024, Salvador registrou uma ocupação de 66,05%, diária média de R$745,52 e RevPAR de R$492,42. Esses números representam um crescimento considerável em relação ao mesmo período do ano anterior, destacando-se o aumento de 21% na diária média, indicando uma valorização do setor ao longo dos últimos anos. 

De acordo com o diretor de Turismo de Salvador, Gegê Magalhães, os dados são positivos por várias perspectivas.

“Esses números de visitação dos nossos equipamentos culturais mostram o trabalho que está sendo desenvolvido na divulgação da cidade de Salvador como um todo e também nos nossos pontos de chegada, como o aeroporto, o porto, vários pontos que a gente tem de comunicação com o visitante que está em Salvador”, disse. 

“Mostra que estamos acertando na comunicação e levando essas pessoas a divulgar nossos equipamentos turísticos e também hoje a gente traz cada vez mais o soteropolitano para frequentar os equipamentos. Esse aumento considerável de visitação mostra que nosso trabalho está muito bem feito, misturando a cultura da nossa sociedade, cultura de nossa música,  nossa arte, como também a questão do turismo”, acrescentou.

 

Leia também:

Prefeito reage a críticas sobre impactos das chuvas e dispara contra governo: “Caos provoca quem quer  ver  o  caos”

Prefeito entrega imóveis reformados pelo ‘Morar Melhor’ em comunidade de Brotas

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)