header1_bg
BANNER_728x90___COMBATE_A_DENGUEpx_1
Pular para o conteúdo
Início » Caso Marielle: Moraes tira sigilo de delação de Lessa e autoriza transferência para Tremembé

Caso Marielle: Moraes tira sigilo de delação de Lessa e autoriza transferência para Tremembé

2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Transferência faz parte do acordo de delação premiada do ex-PM

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirou nesta sexta-feira (7) o sigilo de parte da delação premiada do ex-PM Ronnie Lessa, que confessou o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A decisão também autoriza a transferência de Lessa para o Presídio de Tremembé, em São Paulo.

A retirada do sigilo se da após a polícia federal entender que não há mais necessidade de manter tais trechos em sigilo, pois não afetarão o decorrer das investigações. Já a transferência de Lessa da Penitenciaria Federal de Campo Grande para Tremembé faz parte do acordo feito na delação, que apontou os irmãos Brazão (Chiquinho e Domingos) como mandantes do assassinato de Marielle.

Moraes destacou que os benefícios da delação dependem da eficácia das informações fornecidas por Lessa, que serão avaliadas durante a instrução processual penal. No entanto, autorizou provisoriamente a transferência do delator enquanto o processo está em andamento.

A decisão inclui medidas de segurança específicas para Tremembé, onde as comunicações verbais e escritas de Lessa com qualquer pessoa fora do presídio serão monitoradas, assim como suas visitas, até a conclusão da investigação sobre a morte de Marielle Franco.

 

Leia também:

Moraes autoriza depoimento de delegado suspeito por mandar matar Marielle

Em vídeo divulgado, Ronnie Lessa delata motivação da morte de Marielle Franco

Prefeitura anuncia remissão de dívidas e isenção de tributos para cooperativas de material reciclável

Política