header1_bg
Pular para o conteúdo
Início » Cerca de 750 mi de pessoas no mundo são diagnosticadas com problemas de tireoide

Cerca de 750 mi de pessoas no mundo são diagnosticadas com problemas de tireoide

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Especialista explica meios de acompanhar glândula que funciona no processo metabólico do organismo 

O Dia Internacional da Tireoide é celebrado, neste sábado (25), como uma maneira de conscientizar a população sobre a importância de cuidar dessa glândula. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 750 milhões de pessoas sofrem com alguma patologia da tireoide em todo o planeta, sendo que 60% delas não sabem que são afetadas. 

A endocrinologista e coordenadora do ambulatório de tireoide do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Iane Magalhães, destaca a importância de manter a regulação no acompanhamento médico e explica os meios de tratar uma possível patologia. 

“O tratamento cirúrgico do câncer de tireoide conta com a parceria da equipe de cirurgia de cabeça e pescoço e da equipe de otorrinolaringologia. Após a realização do tratamento cirúrgico, o paciente permanece em acompanhamento no ambulatório visando prevenção e detecção precoce de recorrência com objetivo de redução de morbimortalidade”, aponta a especialista. 

O hiper ou hipotireoidismo causa impacto na vida das pessoas, se não forem tratadas adequadamente. No primeiro caso, o metabolismo lento, ganho de peso, batimento cardíaco lento, déficit de memória, cansaço excessivo, sonolência, dores musculares e articulares e depressão são alguns dos sintomas que podem afetar o indivíduo. Já na segunda patologia, insônia, agitação, irritabilidade, aumento dos batimentos cardíacos, perda de peso, alteração menstrual e cansaço excessivo são as manifestações. 

A coordenadora também informou que os diagnósticos são mais frequentes na região Sudeste e Nordeste do Brasil. “Embora os nódulos de tireoide são em sua grande maioria lesões benignas, o câncer de tireoide é o tumor endócrino mais frequente e em 2023 foi o terceiro câncer em prevalência no sexo feminino na região Sudeste e Nordeste do país, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA)”, disse a endocrinologista. 

 

Leia também: 

Bahia é o estado brasileiro com mais chances de casos de glaucoma

OMS diz que indústria tabagista quer atrair jovens através de vapes coloridos e com sabor

Higienizar corretamente garrafas d’água evita contaminação por bactérias

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Política