Mais de mil farmácias na Bahia estão credenciadas para entrega de absorventes gratuitos

Pessoas com inscrição no Cadúnico; com renda mensal de até R$ 218,00; ser estudante de baixa renda da rede pública ou esteja em situação de rua podem se beneficiar do programa 

Por Redação
15/05/2024 às 12h52
  • Compartilhe
Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

A Bahia conta com 1.196 farmácias populares, em 339 municípios, cadastradas para o Programa de Proteção e Promoção da Saúde e Dignidade Menstrual, que vem sendo executado pelo Governo Federal. Com isso, cerca de 2,5 milhões de pessoas em condições de vulnerabilidade socioeconômica, na faixa etária entre 10 e 49 anos, podem retirar os absorventes gratuitamente nos estabelecimentos habilitados no Estado.

O programa tem o objetivo de promover a equidade de gênero e o acesso aos absorventes, combatendo as desigualdades causadas pela pobreza menstrual. A implantação do programa ocorre de forma conjunta entre os ministérios da Saúde; Direitos Humanos e Cidadania; Justiça e Segurança Pública; Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Mulheres e Educação.

Para garantir o benefício, dentre outros critérios, é preciso ter inscrição no Cadúnico; ter renda mensal de até R$ 218,00; ser estudante de baixa renda da rede pública; ou esteja em situação de rua. As pessoas que se encaixam nestes critérios precisarão apresentar um documento de identificação pessoal e uma autorização na farmácia credenciada. Essa autorização será emitida pelo aplicativo 'Meu SUS Digital'- a nova versão do Conecte SUS já disponível para download.

O portal do Ministério da Saúde disponibiliza a opção para fazer o download do aplicativo "Meu SUS Digital". As orientações também estão disponíveis no Disque Saúde 136.

Confira os municípios com farmácias credenciadas na Bahia através do site.

 

 

 

Leia também:

Simm oferece 206 vagas de emprego e estágio nesta quarta-feira em Salvador