No Peru, casa da presidente Dina Boluarte é alvo de busca e apreensão

Boluarte está sendo investigada por possuir uma coleção não revelada de relógios de luxo 

Por Estadão Conteúdo
30/03/2024 às 16h00
  • Compartilhe
Foto: Instagram/@presidenciaperu
Foto: Instagram/@presidenciaperu

Imagens de agentes de uma equipe da polícia do Peru invadindo a residência da presidente Dina Boluarte com uma marreta varreram a televisão do país na noite desta sexta-feira (29), em operação autorizada pelo Judiciário a pedido da Procuradoria-Geral, que investiga a mandatária peruana por enriquecimento ilícito.

Boluarte está sendo investigada por possuir uma coleção não revelada de relógios de luxo desde que assumiu cargos de vice-presidente e ministra da Inclusão Social em julho de 2021, e depois como presidente em dezembro de 2022.

A turbulência política não é novidade no Peru, que teve seis presidentes nos últimos cinco anos. Boluarte, uma advogada de 61 anos, assumiu a presidência após o impeachment de Pedro Castillo, no final de 2022, depois de ele ter tentado dissolver o Congresso e governar por decreto.

Críticos acusam o governo de Boluarte de assumir uma tendência cada vez mais autoritária ao evitar a realização de eleições antecipadas e trabalhar com membros do Congresso em leis que ameaçam minar a independência do sistema judicial do Peru.

Leia também:

Michelle, Tarcísio, Ratinho, Zema ou Caiado: quem tem mais chance contra Lula em pesquisa

Ministérios das Cidades e dos Transportes foram os mais atingidos por bloqueio de Orçamento

Espumante do RS e queijos mineiro, paulista e paraense: veja os presentes que Lula deu a Macron