Prefeitura entrega 200 novas casas em Santa Mônica através do Programa Morar Melhor

Programa Morar Melhor soma 665 casas reformadas em Salvador

Por Redação
24/02/2024 às 16h00
  • Compartilhe
Foto: Betto Jr./Secom PMS
Foto: Betto Jr./Secom PMS

Na manhã deste sábado (24) o prefeito Bruno Reis entregou 200 casas com reformas estruturais do programa Morar Melhor na região de Santa Mônica, proporcionando mais dignidade e bem-estar aos moradores beneficiados. A entrega das intervenções foi feita, durante solenidade na Rua Vilas Aíres. A iniciativa já soma 665 casas requalificadas apenas na poligonal.

"Salvador, durante um processo histórico, cresceu com habitações precárias. Por isso, oferecemos diversos programas de moradia no Mané Dendê (Subúrbio), Baixa Fria (Canabrava), Barro Branco (Alto do Peru) e, agora, na comunidade do Pé Preto (Nordeste de Amaralina). Mas a cidade precisava de um programa para reforma da casa das pessoas. Estamos mudando a realidade de muitas famílias, proporcionando moradia digna. Não há nada mais importante para o ser humano do que seu próprio lar", destacou Bruno Reis.

O prefeito lembrou que um dos destaques do Morar Melhor é o fato de os beneficiários permanecerem no bairro onde nasceram e possuem suas raízes. Além disso, os próprios moradores escolhem quais serviços são realizados, a exemplo de instalações sanitárias, pintura, reboco, recuperação ou troca de telhado e de esquadrias (portas e janelas).

"O Morar Melhor permite que a gente mantenha a tradição, costume e vizinhança das famílias. É o programa mais especial da Prefeitura de Salvador, e também é o mais pedido pela população", acrescentou. O prefeito visitou uma das selecionadas pela iniciativa nessa etapa: a diarista Solange Pereira, 63 anos. A idosa se recupera de um AVC sofrido recentemente e ficou bastante emocionada por ter sido uma das contempladas.

"Eu não tinha condições de fazer essa reforma. Minha casa era cheia de goteiras quando chovia, e eu tinha que acordar de noite para botar baldes para conter as infiltrações. Não conseguia dormir direito. Agora, não tenho mais esse problema. O banheiro, que só cabia uma pessoa, está mais amplo e confortável. Sou muito feliz e grata pela Prefeitura", festejou.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), desde 2015, o Morar Melhor já reformou mais de 47,5 mil casas em toda a capital baiana.

Fases - Para as intervenções serem realizadas, assistentes sociais do programa realizam avaliação das famílias e fazem cadastramento dos imóveis. Depois disso, a equipe técnica da empresa contratada via processo licitatório, formada por engenheiros, arquitetos, técnicos em edificações e fiscais, realiza a avaliação de campo e elabora o orçamento dos serviços a serem executados.

A Prefeitura acompanha de forma permanente o andamento das obras e mantém diálogo com os beneficiários, esclarecendo dúvidas e garantindo a satisfação com os serviços realizados.

O Morar Melhor segue critérios como precariedade dos bairros, baseado em dados do IBGE; áreas com maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento; maior predominância de pessoas abaixo da linha da pobreza; maior predominância de mulheres chefe de família, entre outros requisitos. Não são contemplados imóveis em situação de risco, imóveis de aluguel ou famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos.

Leia também:

Prefeitura entrega complexo esportivo em homenagem a Raimundo Varela