Secult-BA apresenta balanço dos editais da Lei Paulo Gustavo Bahia

Evento ocorrerá nesta terça, às 16h30, na sede da secretaria, nos Barris

Por Raiane Verissímo
05/12/2023 às 09h41
  • Compartilhe
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro, apresenta, nesta terça-feira (5), às 16h30, um balanço do resultado preliminar da fase de classificação de propostas dos 26 editais da Lei Paulo Gustavo Bahia (PGBA). Esta é a primeira de quatro etapas do cronograma de seleção. A apresentação ocorrerá na sala de reuniões da sede da secretaria, nos Barris, e também trará informações sobre as próximas fases da PGBA. 

A Bahia foi o primeiro estado a ter o plano de ação aprovado pelo Ministério da Cultura (MinC) e um dos primeiros a receber os recursos da Lei Paulo Gustavo no valor de R$ 150 milhões que vão fomentar mais de 2 mil projetos culturais em todos os 27 territórios de identidade. Mais de 9 mil inscrições foram recebidas para participar dos editais, que reservam 50% das vagas para pessoas negras e 10% para indígenas.

 

Leia também:

Secult-BA apresenta balanço das inscrições nos editais da Lei Paulo Gustavo

Lei Paulo Gustavo Bahia (PGBA) destina R$15 milhões a projetos indígenas

"Compromisso do secretário e do governo baiano", ressalta Suíca sobre garantia de recursos da Lei Paulo Gustavo à municípios