CPI do MST cancela convocação de Rui Costa após ordem de Arthur Lira

Ministro da Casa Civil e ex-governador da Bahia, prestaria depoimento na tarde desta quarta-feira

 

Por Cíntia Kelly
09/08/2023 às 14h47
  • Compartilhe
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) cancelou o depoimento do Ministro da Casa Civil, o baiano Rui Costa, após ordem do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP). Rui Costa seria ouvido na tarde desta quarta-feira (9).

A decisão foi publicada no Diário da Câmara dos Deputados, nesta manhã. Lira acatou um recurso apresentado pelo deputado federal Nilto Tatto (PT), que alegou não haver "fato determinado" que obrigasse o ministro a prestar depoimento.

"No caso em tela, não se demonstrou no requerimento a conexão entre as atribuições do Ministro da Casa Civil da Presidência da República e os fatos investigados pela CPI sobre o MST", disse Lira na decisão.

Nesta terça, em conversa com o editor-chefe do Portal M!, Osvaldo Lyra, a deputada Lídice da Mata refutou mais uma vez  convocação.

A convocação foi feita pelo relator da CPI, o deputado Ricardo Salles (PL). Ele alegou que, enquanto governador da Bahia, Rui Costa "não empreendeu esforços para impedir atos de invasões de terra nem para garantir a propriedade privada" além de acusar Rui Costa a "ser conivente com as invasões".