Pular para o conteúdo
Início » Vereadores se envolvem em briga durante votação sobre proibição de fogos de artifício em cidade da Bahia

Vereadores se envolvem em briga durante votação sobre proibição de fogos de artifício em cidade da Bahia

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Tumulto teve início no gabinete do presidente da Câmara, Jarlan Menezes, levando à suspensão temporária da sessão

Durante uma sessão que debatia a proibição do uso de fogos de artifício com barulho em Pindobaçu, no norte da Bahia, vereadores brigaram, sendo o incidente registrado em vídeo por várias testemunhas presentes. De acordo com relatos da Guarda Municipal de Pindobaçu, o tumulto teve início no gabinete do presidente da Câmara, Jarlan Menezes, levando à suspensão da sessão. Entretanto, de acordo com a Guarda Municipal, o presidente da Câmara voltou atrás resolveu manter a sessão. As informações são do G1 Bahia.

Conforme o projeto, o ruído dos fogos de artifício afeta a qualidade de vida de recém-nascidos, mães em período pós-parto, idosos, indivíduos doentes, aqueles com transtorno do espectro autista e animais.

A equipe da TV São Francisco, afiliada da TV Bahia, procurou os vereadores envolvidos na briga. Adriano Nunes (União Brasil) e Henrique Lopes (PP) afirmam que o autor do projeto, Eugênio Moreira da Silva (PSDB), os agrediu e tentou impor a aprovação da medida.

Eugênio Moreira da Silva, em comunicado, esclareceu que o projeto de lei nunca tramitou de maneira irregular na Câmara. Além disso, acusa Henrique Lopes de tê-lo agredido. A Polícia Militar afirmou que foi acionada para ajudar a separar a briga, mas os agentes encontraram a sessão suspensa quando chegaram na Câmara. O caso não foi registrado na delegacia da cidade. Procurado, o presidente da Câmara, Jarlan Menezes, não quis comentar sobre a briga.

 

Leia também: 

Integrantes do Molejo e artistas lamentam morte de Anderson: ‘ícone do pagode’

Codesal volta a acionar sirenes em três comunidades de Salvador

Chuvas em Salvador já superam quase o triplo da média histórica para abril

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)