Pular para o conteúdo
Início » “Vamos buscar uma solução para este impasse”, diz Lídice sobre cortes na Ufba

“Vamos buscar uma solução para este impasse”, diz Lídice sobre cortes na Ufba

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Presidente da bancada baiana vai solicitar reunião com ministro da Educação para tentar reverter redução de 7% do orçamento da universidade

A vice-líder do governo Lula na Câmara, deputada federal Lídice da Mata (PSB), afirmou, nesta terça-feira (5), que vai “buscar uma solução” e “reverter” o corte anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) de R$ 13 milhões no orçamento da Universidade Federal da Bahia (Ufba) para este ano. O repasse é 7% menor em relação ao ano passado. 

Segundo Lídice, a bancada baiana, na qual preside, formada por 63 deputados federais “está sensibilizada e mobilizada para a luta contra os cortes ao orçamento das universidades federais”. A parlamentar vai solicitar uma reunião com o ministro da Educação, Camilo Santana, para discutir o “impasse” na Ufba.

“Estaremos prontos ainda esta semana participando de uma mobilização com o ministro da Educação para que nós possamos debater que medidas devemos tomar para enfrentar essa crise. Nós vamos estar ao lado das universidades. Eu especialmente e pessoalmente, mas toda a bancada da Bahia, eu tenho convicção que tem esse compromisso”, disse em vídeo publicado em suas contas oficiais no Instagram e X (antigo Twitter).

O orçamento destinado pela Lei Orçamentária Anual (LOA) às universidades federais para o ano de 2024 sofreu um corte de R$ 310,3 milhões em relação ao ano passado, caindo de R$ 6,2 bilhões para R$ 5,9 bilhões. Em nota, a Ufba afirmou que o orçamento deste ano será de R$ 173,2 milhões, R$ 13 milhões a menos do que os R$ 186,3 milhões recebidos em 2023. Conforme a instituição, se aplicada a correção inflacionária referente ao último ano, pelo IPCA, a defasagem é ainda maior. Isso porque, seriam necessários R$ 21,6 milhões a mais para igualar o orçamento de 2023 mais a inflação.

“O corte é inexplicável, na medida em que muitos ministérios, inclusive o da Educação (MEC), tiveram seus orçamentos incrementados neste ano. É preciso, portanto, que o MEC reorganize internamente seu orçamento, contemplando as universidades”, criticou Paulo Miguez, reitor da Ufba.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Lídice da Mata (@lidicedamata)

Leia também:

Roma afirma que Rui Costa ofende Congresso ao culpá-lo por cortes na Ufba

“Ufba terá corte de R$ 13 milhões em 2024, mas cadê as manifestações?”, questiona Alden

UFBA anuncia corte de R$ 13 milhões no orçamento

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)