header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Tarcísio não comparece a evento de ministro de Lula com Tabata e Boulos em SP

Tarcísio não comparece a evento de ministro de Lula com Tabata e Boulos em SP

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

O governo de São Paulo informou que a ausência se deu porque o governador já tinha compromisso

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), não compareceu ao evento de adesão do governo do Estado ao programa federal Pé-de-Meia, que pagará mais de R$ 9 mil aos alunos do ensino médio ao longo de três anos. O lançamento simbólico da iniciativa ocorreu nesta quarta-feira (3), na sede de Secretaria Estadual da Educação, na região central, e contou com a participação do ministro da Educação, Camilo Santana.

Procurado, o governo de São Paulo informou que a ausência se deu por conflito de agenda. No mesmo horário da cerimônia, Tarcísio de Freitas participou da abertura virtual da Conferência Anual de Situação do Hemisfério Ocidental, no Palácio dos Bandeirantes e, na sequência, uma reunião com Secretário de Parcerias em Investimentos Rafael Benini.

Foi a primeira vez que um governador de Estado se ausentou do lançamento do programa. Santana já lançou o programa em 12 estados e no Distrito Federal. Em todas essas ocasiões, os respectivos chefes de Executivo estadual estavam presentes. O secretário estadual da Educação, Renato Feder, também não compareceu ao evento. O vice-governador Felicio Ramuth confirmou que iria ao ato na véspera, porém também se ausentou.

O secretário-executivo estadual da Educação, Vinícius Neiva, foi o representante da gestão Tarcísio no ato. Em sua fala, Neiva comentou sobre a ausência do titular da pasta. “O secretário Renato (Feder) gostaria muito de estar aqui, mas ele teve uma urgência de última hora”, disse.

Diferente de Tarcísio, outros governadores de oposição ao governo Lula, como Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais, Ronaldo Caiado (União), de Goiás, e Ratinho Júnior (PSD), do Paraná, participaram do lançamento do programa. Neste semana, Santana ainda vai lançar o programa no Rio de Janeiro e no Ceará.

Pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo, o deputado Guilherme Boulos (PSOL) e a deputada Tabata Amaral (PSB) dividiram as atenções durante o evento do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A pré-candidata do PSB, que apresentou o projeto de lei que originou o programa federal, discursou no evento. O pré-candidato do PSOL, por se lado, teve uma participação mais discreta, deixando o local antes do fim da cerimônia.

Autora do projeto de lei que originou o programa Pé-de-Meia, Tabata afirmou que o evento foi um dia histórico em sua vida. Emocionada, a deputada discursou para uma plateia de estudantes do ensino médio. Questionada sobre a presença do adversário Guilherme Boulos no ato, a parlamentar afirmou que o projeto só foi aprovado porque contou com o apoio de todo Congresso Nacional. “Queria, inclusive, que outros deputados estivessem aqui”, disse.

Além de Tabata e Boulos, outros parlamentares de esquerda, como os deputados Vicentinho (PT) e Nilto Tatto (PT), também marcaram presença no evento.

Boulos deixou o evento de maneira discreta. Pessoas próximas ao parlamentar avaliaram que a presença dele no lançamento do programa era fundamental para não gerar a impressão de que o pré-candidato do PSOL teria sido escanteado de um evento do governo Lula.

Leia também:

Vereador André Fraga propõe programa de auxílio financeiro a cuidadores

Prefeito confirma reajuste de 4% a servidores e 8% para professores

Marcações:

Política