Pular para o conteúdo
Início » STF determina medidas para governo combater queimadas no Pantanal e Amazônia

STF determina medidas para governo combater queimadas no Pantanal e Amazônia

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

União terá 90 dias para apresentar plano que integre sistemas de monitoramento de desmatamento e titularidade fundiária rural 

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou uma série de medidas para a União combater as queimadas no Pantanal e na Amazônia. O governo federal terá 90 dias para apresentar um plano que integre os sistemas de monitoramento do desmatamento, da titularidade fundiária rural e das autorizações de desmatamento.

Os ministros seguiram a maior parte do voto do relator, André Mendonça. Contudo, por 6 a 5, rejeitaram a proposta de determinar que o Executivo regulamente o Fundo Social, previsto na Lei do Pré-Sal, para destinar uma parcela dos recursos para a proteção do meio ambiente. O ministro Flávio Dino abriu a divergência. Ele entendeu que não cabe ao Judiciário detalhar os prazos e porcentuais dessa política.

Na semana passada, o Supremo também determinou que a União adote providências para combater o desmatamento na Amazônia. Os julgamentos fazem parte da chamada “pauta verde”, que apontam violações e omissões de autoridades na proteção do meio ambiente.

 

Leia também:

Moraes dá 15 dias para PGR opinar sobre indiciamento de Bolsonaro

Dino é relator de recurso de Bolsonaro contra multa do TSE por ataques a Lula nas eleições 2022

‘Lava Jato terminou como uma verdadeira organização criminosa’, diz Gilmar Mendes

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)