Pular para o conteúdo
Início » Senado aprova projeto de decreto legislativo de apoio ao RS

Senado aprova projeto de decreto legislativo de apoio ao RS

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

O objetivo do Planalto, com a proposta, foi conter o ímpeto crescente por uma proposta de emenda à Constituição (PEC) 

O Senado aprovou nesta terça-feira (7),  em votação simbólica, o projeto de decreto legislativo que reconhece o estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul e permite que os gastos com o socorro ao Estado fiquem fora da meta fiscal.

Com a aprovação do texto nas duas Casas, o projeto agora será promulgado pelo Congresso Nacional, já que a proposta não depende de sanção presidencial. A partir de então, o governo estará liberado a liberar créditos extraordinários para auxiliar o Estado sem contabilizar essa despesa no teto e nem seguir regras de contenção dos gastos públicos.

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), disse, mais cedo, que o Palácio do Planalto pode publicar já nesta quarta-feira (8), a medida provisória com a liberação do dinheiro para o Rio Grande do Sul. A estimativa total do valor que será repassado ao Estado ainda não foi divulgada pelo governo, que diz que aguarda esse cálculo por parte dos entes afetados.

O projeto de decreto legislativo foi aprovado pela Câmara dos Deputados na noite de segunda-feira (6), no mesmo dia em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou a proposta ao Congresso.

O objetivo do Planalto, com a proposta, foi conter o ímpeto crescente por uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que aplicasse as regras do “orçamento de guerra” à situação de calamidade vivida pelo Rio Grande do Sul. Seria uma forma de ampliar de forma descontrolada os gastos públicos, no entendimento de alguns integrantes do governo. O decreto legislativo seria uma ferramenta menos burocrática e mais simples de resolver o problema, entendeu o Palácio do Planalto.

Leia também:

Lula diz que há 100% vontade da Câmara, Senado e Judiciário em facilitar recursos ao RS

Lula, Pacheco, Lira e Fachin sobrevoam áreas inundadas no Rio Grande do Sul

É falso áudio em que homem relata ter resgatado bebê na enchente do Rio Grande do Sul

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)