Pular para o conteúdo
Início » Primeira agenda da governadora em exercício será dedicada a políticas para mulheres

Primeira agenda da governadora em exercício será dedicada a políticas para mulheres

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Cynthia Resende participa, nesta segunda-feira, de sessão especial na AL-BA em comemoração aos 13 anos de criação da SPM

A primeira agenda da governadora em exercício, Cynthia Resende, será dedicada a políticas para mulheres. Ela vai assinar, nesta segunda-feira (13), um termo de cooperação técnica com a Associação dos Municípios do Sul, Extremo-sul e Sudoeste Baiano (Amurc) para a implantação de mais de 40 salas Elas à Frente no interior da Bahia. O ato será realizado, às 9h30, durante a sessão especial na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em comemoração aos 13 anos de criação da SPM.

Os equipamentos da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM) serão direcionados ao acolhimento e ao apoio psicossocial das mulheres em situação de violências de gênero. Na solenidade, também será assinado um termo de cooperação técnica com a AL-BA, visando programas e projetos que fortaleçam as políticas para as mulheres.

Como parte da programação, será anunciado ainda o edital Mulheres no Esporte, de fomento a iniciativas para que atletas possam se dedicar e potencializar suas carreiras esportivas. Além disso, será lançada a revista Elas à Frente, da SPM, que apresenta resultados e avanços na política para as mulheres na Bahia.

Transmissão de cargo

A presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) assumiu, neste sábado (11), o governo estadual após transmissão do cargo pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) em cerimônia realizada no Centro de Operações e Inteligência de Segurança (COI), em Salvador. O petista cumpre, nos próximos sete dias, missão internacional na Holanda, Bélgica e Alemanha. 

Natural de Aracaju, a desembargadora Cynthia Resende é a quarta mulher a assumir a presidência do TJ-BA e a terceira governadora interina do Estado. A incomum mudança de gestão do Estado aconteceu devido às eleições municipais em outubro. Para não ficar inelegível, o vice-governador Geraldo Jr. (MDB) está afastado das funções por ser pré-candidato a prefeito de Salvador. Já o presidente o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Adolfo Menezes (PSD), próximo na linha de sucessão, também está impossibilitado de assumir o cargo porque provocaria a inelegibilidade da esposa, que disputará a prefeitura de Campo Formoso.

 

Leia também:

Jerônimo transmite cargo e Cynthia Resende assume como governadora em exercício

Presidente no TJ-BA assume cargo de governadora interina após recusa de Adolfo Menezes

Vixe! Queda na popularidade de Lula preocupa. Os erros no diálogo do Planalto com a população. A chapa governista para 2026 e os sinais vindos da Assembleia

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)