header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Presidente Lula cita resgate do cavalo Caramelo durante anúncio de novas medidas de socorro para Rio Grande do Sul

Presidente Lula cita resgate do cavalo Caramelo durante anúncio de novas medidas de socorro para Rio Grande do Sul

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

A situação do cavalo reforça a emergência humanitária do RS e os esforços da população em ajudar o estado gaúcho

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quinta-feira (9), que foi dormir inquieto na noite de quarta-feira (8), pensando em um cavalo que ficou preso em cima do telhado de uma casa no Rio Grande do Sul. A declaração ocorreu durante anúncio do governo sobre as medidas de socorro para o Estado, que enfrenta a pior tragédia climática da sua história.

“Eu fico imaginando se aquele cavalo pensasse, como a gente imagina que são os pensamentos, o que aquele cavalo estava pensando, sozinho, em cima do telhado?”, questionou o presidente. “Espero que ninguém monte naquele cavalo por algum tempo, porque ele merece um bom descanso.”

O presidente se referiu a uma imagem que circulou em jornais e redes sociais nesta quarta-feira, de um cavalo, mais tarde apelidado pela população de “Caramelo”, que estava ilhado em cima de uma residência no município de Canoas, um dos mais afetados pelas cheias. O nível da água quase alcançava o animal.

No início da manhã desta quinta-feira, a primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que equipes foram mobilizadas para retirar o cavalo do local. “Acabo de conversar com o general Hertz, comandante das operações no RS, e ele já mobilizou equipes para localizar e fazer o resgate do cavalo em Canoas. (…) Vamos torcer para que o ‘Caramelo’ tenha resistido essa noite”, escreveu.

Pelo X (antigo Twitter), no final da manhã, ela informou que o animal foi resgatado, com trabalho de voluntários e do Exército. “Desde às 6h da manhã estamos mobilizados e conseguimos salvar o cavalo Caramelo”, disse. Em outra publicação, a primeira-dama afirmou que o animal é uma fêmea.

Recursos

No início de seu discurso, antes de mencionar a cena do cavalo, o presidente agradeceu aos outros Poderes pelas ações conjuntas, “como se fôssemos uma orquestra”.

O último balanço da tragédia climática que atinge o Estado gaúcho divulgado na manhã desta quinta mostra que o número de mortos chegou a 107 pessoas. Há 136 desaparecidos, além de 67 mil em abrigos. O total de municípios atingidos chega a 425.

A crise de calamidade pública causada pelas enchentes foi comparada a uma situação de guerra pelos ministros.

Foram anunciadas medidas econômicas para apoiar os gaúchos, como a restituição de Imposto de Renda prioritária para a população do Estado, antecipação do pagamento de auxílios do governo, como o Bolsa Família, além de aportes para projetos de reconstrução de pontes, estradas e outras estruturas, entre outras medidas. O pacote de medidas anunciado por Haddad inclui apoio direto a cidadãos, empresas, Estado e municípios.

Leia também: 

Prefeituras-bairro de Salvador também vão receber doações de água e itens de limpeza para famílias do Rio Grande do Sul

Tragédia no Rio Grande do Sul: número de mortos sobe para 107; 136 estão desaparecidos

 

Marcações:

Política