Pular para o conteúdo
Início » Lula diz que, de vez em quando, é preciso “uma cachacinha” para fazer articulação política

Lula diz que, de vez em quando, é preciso “uma cachacinha” para fazer articulação política

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Chefe do Executivo avaliou que, apesar da dificuldade do cargo, as relações estão positivas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse na ultima sexta-feira (5) que é preciso “uma cachacinha, de vez em quando uma cervejinha”, para fazer negociações políticas. Ao agradecer a presença do Ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, durante inauguração da Estação Elevatória de água Bruta Ipojuca, em Arcoverde (PE), o presidente afirmou que ele “certamente tem a função mais difícil no governo” – a de articulação política.

“O companheiro Padilha é o cara que rói o osso. Ele certamente tem a função mais difícil no governo, que é a função de articulação política. Imagina que meu partido só tem 70 deputados num total de 513 e para votar uma coisa qualquer precisamos de 247 votos. E aí é preciso muita conversa, é preciso muita reunião, é preciso muito cafezinho, de vez em quando uma cachacinha, de vez em quando uma cervejinha”, disse Lula.

Na continuação, o chefe do Executivo avaliou que, apesar da dificuldade do cargo, as relações estão positivas. “Na verdade, nós conseguimos construir uma aliança política que até agora a gente não perdeu a votação de nenhum projeto importante no Congresso Nacional. E, por isso, eu agradeço também ao companheiro Padilha como coordenador disso, mas também aos deputados federais.”

Durante o discurso, Lula ainda fez aceno aos evangélicos. Em certo momento da fala, o petista relembrou sua infância em Caetés, no agreste pernambucano.

“Eu queria fazer duas perguntas para vocês. A primeira pergunta é se vocês acreditam em Deus? E queria perguntar se vocês acreditam em milagre? Então, eu vou contar dois milagres a vocês que está acontecendo aqui agora. O primeiro milagre só pode ter acontecido por ser o milagre por ser obra de Deus”.

Na quinta-feira (4), em outro evento em Pernambuco, na inauguração da Estação Elevatória de Água Bruta de Ipojuca, também em Arcoverde, Lula disse que a volta ao Estado para inaugurar uma obra de transposição era um “milagre” por cauda da “fé e da crença” dos brasileiros.

Na ocasião, o presidente ainda afirmou que eleição para Presidência foi outro “milagre”. Segundo o petista, o voto dos eleitores no pleito de 2022, quando venceu o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), foi um “ato de fé e de coragem”.

Pesquisas recentes de institutos de opinião, que mostram a popularidade do presidente em queda, indicam que a pior avaliação de Lula é entre os evangélicos. Nesta semana, o governo lançou uma campanha para tentar reverter esse cenário, com o slogan “Fé no Brasil”.

 

Leia também:

Moraes: Poder moderador das Forças Armadas é “pífia interpretação golpista” 

Lula retorna a Brasília após visita ao Nordeste e com Petrobras no foco 

Bolsonaro visita restaurante em Goiânia entre gritos de “mito” e “ladrão” 

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)