header1_bg
BANNER_728x90___COMBATE_A_DENGUEpx_1
Pular para o conteúdo
Início » “Junção de todos líderes políticos em um ato e propósito”, diz ACM Neto após ser eleito vice-presidente do União Brasil

“Junção de todos líderes políticos em um ato e propósito”, diz ACM Neto após ser eleito vice-presidente do União Brasil

2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Ex-prefeito de Salvador destacou a convergência entre os principais líderes da legenda em torno do nome de Antônio de Rueda, eleito presidente da sigla

Nesta quinta-feira (29) ao assumir a vice-presidência do União Brasil, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto destacou a convergência entre os principais líderes da legenda em torno do nome de Antônio de Rueda, eleito presidente da sigla.

“Nós tivemos aqui o apoio de quatro governadores, todos os senadores, mais de 50 deputados federais, prefeitos. A gente pode ver hoje que não víamos há muito tempo. A junção de todos os líderes políticos em um só ato e próposito, marcado fundamentalmente pela presença de representes pelo voto, por densidade política eleitoral”, disse Neto.

O senador Davi Alcolumbre (União-AP) foi eleito secretário-geral. A chapa vencedora recebeu todos os 30 votos dos filiados presentes que estavam aptos a votar. A posse dos novos dirigentes será em maio. Um dos maiores partidos do Congresso Nacional, o União Brasil conta com 59 deputados federais e sete senadores.

Em seu discurso, Rueda agradeceu o apoio maciço que recebeu de governadores, deputados federais, senadores, prefeitos, vereadores e demais lideranças da sigla. “Hoje foi um exemplo de democracia. Democracia é o pilar de tudo. Assim será esse partido, o exercício diário do diálogo e da democracia, porque é assim que as coisas funcionam. Temos projeto para 2024, nosso partido será um dos que mais vai fazer prefeitos. Tenho a clareza que esse time nunca esteve tão unido, vamos entregar o melhor para o Brasil. Estou vivendo um sonho”, resumiu.

Leia também:

ACM Neto defende revogação de portaria da ‘aprovação em massa’: “Uma vergonha para nosso Estado”

Marcações:

Política