header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Governo de Bolsonaro suspende nomeação do presidente da Fundação Palmares

Governo de Bolsonaro suspende nomeação do presidente da Fundação Palmares

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

A decisão foi publicada em edição extra do 'Diário Oficial da União' da quarta-feira (11)

O governo do presidente Jair Messias Bolsonaro suspendeu a nomeação do jornalista Sérgio Nascimento de Camargo para a presidência da Fundação Cultural Palmares, o órgão de promoção da cultura afro-brasileira. A decisão se deu após uma determinação de um juiz federal do Ceará e publicada em edição extra do ‘Diário Oficial da União’ da quarta-feira (11).

Entenda o caso

A nomeação de Camargo para a presidência da Fundação Palmares ocorreu no fim de novembro, e causou polêmcas. O motivo é uma série de publicações, nas redes sociais, em que o jornalista relativiza temas como a escravidão e o racismo no Brasil. O jornalista classificou o racismo no Brasil como “nutella”, em uma publicação antes de ser nomeado. Segundo ele, “racismo real existe nos Estados Unidos. A negrada daqui reclama porque é imbecil e desinformada pela esquerda”, afirmou. Com informações do site G1.

 

Política