Pular para o conteúdo
Início » Eduardo Leite diz que decisão do governo sobre dívida no Rio Grande do Sul não é suficiente

Eduardo Leite diz que decisão do governo sobre dívida no Rio Grande do Sul não é suficiente

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Conforme o governador, medida representa um "passo" no tema e será preciso pensar em "soluções mais perenes" de longo prazo

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou que a medida de suspensão da dívida do Estado anunciada nesta segunda-feira (13), pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, não é o suficiente, mas representa um “passo” no tema. Segundo ele, será preciso pensar em “soluções mais perenes” de longo prazo para o Estado.

“Nesse tema da dívida, acho que demos um passo muito importante nessa definição, nessa decisão. Nós fizemos essa demanda por justiça aqui, sei que é um esforço do Ministério da Fazenda, tecnicamente, para viabilizar a suspensão da dívida”, afirmou Leite nesta segunda-feira (13), em reunião com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Além de Lula e Leite, participam do encontro o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o ministro do STF Edson Fachin – de maneira virtual – e os ministros da Fazenda, Fernando Haddad; da Casa Civil, Rui Costa; da Gestão, Esther Dweck; e da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), chegou no meio da reunião.

“Nossa demanda inclui um pedido de quitação desses valores, que até aqui não se viabilizou, mas entendemos que é um passo”, comentou Leite. “Infelizmente não posso dizer que será suficiente essa medida. Vamos precisar de outros tantos apoios, outras frentes”, acrescentou o governador gaúcho. “Vamos ter que pensar em soluções mais perenes, de longo prazo.”

Leia também:

Lira processa Felipe Neto por ter sido chamado de ‘excrementíssimo’ pelo youtuber

Bruno Reis sai na defesa do prefeito de Teixeira de Freitas após críticas de Lula

Niltinho diz que PP está fortalecido e que continuará entre os três maiores partidos da Bahia

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)