Pular para o conteúdo
Início » Coronel comenta disputa pela presidência do Senado e destaca que nome de Otto “está no páreo”

Coronel comenta disputa pela presidência do Senado e destaca que nome de Otto “está no páreo”

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

"Ele não colocou o nome dele, mas o nome dele é sempre lembrado", comentou Coronel em entrevista ao Portal M!

 

A escolha do próximo presidente do Senado Federal está prevista para fevereiro de 2025, com o término do segundo mandato de Rodrigo Pacheco (PSD). Como o maior partido do Senado, com 15 congressistas, o PSD deve realizar uma prévia interna para definir seu candidato à sucessão ainda em 2024. Ao Portal M!, o senador baiano Angelo Coronel (PSD-BA) falou sobre a posição da sigla em relação à escolha do candidato para a disputa.

“Está muito cedo ainda. Uma coisa que é lá para fevereiro, os partidos estão com suas candidaturas postas, negociando… Mas o nosso partido tem a pré-candidatura de Otto Alencar (PSD-BA), que pode ser viabilizada. Assim como os demais partidos, cada um precisa escolher um nome. Mas é só aguardar um pouco mais para termos uma definição”, disse Coronel ao editor-Chefe do Portal M!, Osvaldo Lyra.

Sobre a possibilidade de o partido disputar tanto a Câmara dos Deputados quanto o Senado, Coronel destaca que são casos independentes e que é possível que o mesmo partido tenha representação em ambas as casas.

“Já aconteceu no passado, um passado recente. Não é nenhuma novidade que o PSD possa ter a presidência tanto da Câmara quanto do Senado. Quando Alcolumbre era presidente do Senado, Rodrigo Maia era presidente da Câmara. Não significa muita coisa não”, completou.

Questionado sobre a possibilidade de Otto Alencar ser escolhido para a disputa, Coronel afirmou que sim, “o nome está no páreo”.

“Ele não colocou o nome dele, mas o nome dele é sempre lembrado. Então, vamos… Até agora só tem um nome posto, mas tem muito tempo ainda pela frente”, finalizou. 

Leia também:

“Não tem cabimento o que está acontecendo”, dispara Coronel sobre desoneração da folha de pagamento

Jerônimo diz que Lídice reúne “características importantes” para a campanha de Geraldo Jr.

Manoel Vitório defende desoneração da folha: “Tem muita prefeitura com dificuldade”

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)