Pular para o conteúdo
Início » Congresso dos Estados Unidos aprova lei que pode banir TikTok no país

Congresso dos Estados Unidos aprova lei que pode banir TikTok no país

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Pelo texto aprovado, rede social chinesa terá de encontrar comprador para seguir ativa nos EUA

O Congresso dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei que pode resultar no banimento do TikTok no país. O pacote foi aprovado na noite desta terça-feira (23).

O aplicativo poderá ser banido caso a ByteDance, dona da rede social, não encontre um “comprador de confiança” dos norte-americanos. O projeto estabelece um prazo de 270 dias para que o aplicativo seja vendido. Caso não seja feito, o TikTok seria proibido nas lojas de aplicativos dos EUA e nos “serviços de hospedagem na Internet” que o suportam.

Quando o projeto foi aprovado na Câmara, o TikTok lamentou a decisão e disse que a medida “atropelaria os direitos de liberdade de expressão de 170 milhões de americanos”. A expectativa é que a ByteDance ingresse com uma ação judicial para impedir a aplicação da lei. A empresa alega que o projeto é inconstitucional.

A ideia de banir a plataforma no país iniciou no governo do ex-presidente Donald Trump, que dizia que a ByteDance representava um “risco para a segurança do país” porque a China poderia se aproveitar do poder da empresa para obter dados de usuários americanos. O TikTok sempre negou a teoria.

O presidente dos EUA, Joe Biden, já demonstrou apoio à lei. O projeto agora segue para a sanção dele. Na exigência do país, o novo dono não pode ter relação com a empresa chinesa.

 

Leia também:

Legislativo americano aprova lei que permite professores armados nas salas de aula

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)