header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Apple despenca para quinta posição e Huawei toma liderança do mercado de celulares na China

Apple despenca para quinta posição e Huawei toma liderança do mercado de celulares na China

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Dados do primeiro trimestre deste ano foram divulgados, nesta sexta-feira, pela empresa de análise Canalys

Dados do primeiro trimestre deste ano divulgados, nesta sexta-feira (26), pela empresa de análise Canalys, apontam que a Apple caiu para o quinto lugar no maior mercado de smartphones do mundo. A Huawei tomou a primeira posição e despachou 11,7 milhões de smartphones na China nos três primeiros meses do ano, um aumento de 70% em relação ao ano anterior, quando a empresa ainda se recuperava das sanções impostas pelos EUA iniciadas em 2019.

A Apple caiu do primeiro para o quinto lugar, com a redução de 25% de suas vendas ao mercado chinês. Foram 10 milhões de unidades despachadas no primeiro trimestre. No mesmo período do ano anterior, foram 13,3 milhões de unidades despachadas. A China representa 20% das vendas de todos os produtos da Apple e é um mercado estratégico para a gigante americana.

Apesar da queda, as primeiras posições disputam com uma pequena margem de diferença entre elas, separadas por algumas centenas de milhares de unidades despachadas. A Oppo terminou o trimestre em segundo lugar, seguida da Honor e da Vivo.

O mercado chinês não apresentou variação neste trimestre em relação ao ano passado, com aproximadamente 67 milhões de smartphones vendidos em ambos os períodos. O crescimento da Huawei está relacionado ao lançamento da linha Mate 60, aparelho topo de linha inteiramente produzido na China com capacidade de 5G similar a dos iPhones mais recentes.

 

Leia também:

Apple violou patente de concorrente em relógios, conclui agência federal nos EUA

Aneel mantém bandeira tarifária verde em maio

Empresa baiana conquista novo projeto nos Estados Unidos orçado em R$ 320 milhões

Marcações:

Política