header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Parque Histórico Castro Alves celebra os 177 anos de nascimento do poeta baiano com programação especial

Parque Histórico Castro Alves celebra os 177 anos de nascimento do poeta baiano com programação especial

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Na programação, 8º Festival Infantil de Poemas de Antônio de Castro Alves, o 21º Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves e a apresentação musical de Jota Silveira

Entre os dias 09 e 14 de março, acontece mais uma edição do Festival de Declamação de Poemas de Antônio Castro Alves. Durante o evento, uma série de atividades será realizada para celebrar a vida e a obra do poeta.

Tendo sua primeira edição ocorrida no ano 2000, o Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves foi criado para homenagear o poeta no mês de seu aniversário. Reunindo pessoas de diversas regiões do estado, o festival já se tornou tradição na cidade e atrai participantes de todas as idades. Desde 2015, o festival foi dividido em duas categorias: Adulto e Infantil.

Neste ano, o evento terá início no sábado, 09 de março, com o 8º Festival Infantil de Poemas de Antônio de Castro Alves, o 21º Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves e a apresentação musical de Jota Silveira. As festividades encerram no dia 14 de março, data de nascimento do poeta, com alvorada às 5h da manhã, Missa Festiva, Feira de Artesanato, Premiações, Apresentações e Shows.

Parque Histórico Castro Alves

Gerido pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), órgão vinculado à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), o Parque Histórico foi erguido em um espaço de mais de 50 mil metros quadrados e inaugurado em 1971, exatamente 100 anos após a morte do poeta. O equipamento dispõe de um acervo de mais de 800 objetos, incluindo fotografias, cartões-postais, manuscritos, livros, indumentárias, utensílios domésticos e artes visuais, conectados a memória de Castro Alves, sua família e construídos em homenagem ao poeta.

O Poeta

Antônio Frederico de Castro Alves, conhecido como Castro Alves, nasceu em 14 de março de 1847, na Fazenda Cabaceiras, em Cabaceiras do Paraguaçu, cidade baiana a 170 km de Salvador. Reconhecido como o “Poeta dos Escravos”, ele foi uma figura central na Terceira Geração da Poesia Romântica, famosa por suas contundentes críticas à escravidão e seus ideais abolicionistas e republicanos. Suas obras mais conhecidas incluem “Espumas Flutuantes”, ”Navio Negreiro”, “Gonzaga ou A Revolução de Minas” e “Cachoeira de Paulo Afonso”.

 

 

Leia também:

Caetano e Bethânia anunciam turnê juntos no Brasil 

Casa do Rio Vermelho realizará tributo a Zélia Gattai no Dia Internacional da Mulher 

Irá Carvalho: quatro décadas dedicadas ao entretenimento baiano 

Marcações:

Política