header1_bg
Pular para o conteúdo
Início » Festival Capão in Blues deixa legado cultural na Chapada Diamantina

Festival Capão in Blues deixa legado cultural na Chapada Diamantina

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Evento atraiu público estimado em duas mil pessoas diariamente durante os três os dias

O tão esperado Capão in Blues (CIB), primeira edição do festival de blues realizado no coração da Chapada Diamantina, teve seu encerramento triunfante no último (11), após três dias de programações emocionantes.

O evento atingiu plenamente seu objetivo de fortalecer a produção cultural no interior da Bahia e estimular a economia criativa local. Durante os três dias, os espectadores foram conduzidos a uma jornada emocionante pelos ritmos e melodias envolventes do blues, com artistas de renome nacional e internacional iluminando o palco.

Sob o céu estrelado do Vale do Capão, a vila pulsou com a energia contagiante da música, atraindo um público diversificado de várias partes da Bahia, do Brasil e do mundo.

Com um público estimado em duas mil pessoas por dia, totalizando quatro mil ao longo do evento, o festival proporcionou uma experiência única para moradores locais e visitantes, impulsionando não apenas a cena musical, mas também a economia regional.

Além do sucesso artístico e cultural, o festival deixou um impacto positivo na economia local, com hotéis e restaurantes alcançando alta ocupação. Iniciativas sustentáveis, como o Recicla Capão, demonstraram o compromisso do evento com a preservação ambiental.

Ao encerrar o festival, o guitarrista e curador Eric Assmar expressou sua gratidão e vislumbrou o evento como uma tradição anual enraizada na cultura da região. O Capão in Blues deixa um legado marcante, celebrando a música, a amizade e a magia deste lugar único.

“A sensação é de profunda alegria e dever cumprido! O Festival Capão in Blues superou todas as nossas expectativas. Realizamos uma entrega excepcional, evidenciando mais uma vez que a cultura e a arte são motores de geração de emprego e renda. Em três dias de festival, dobramos a população do Capão, de maneira sustentável, sem agressão ao meio ambiente e todos os espaços estavam lotados: pousadas, restaurantes e muito mais. A cultura existe para unir, prosperar e enriquecer a todos. E deixo aqui minha mensagem: o ano de 2025 está logo ali, então, preparem-se para o Festival CIB – Capão In Blues 2025,” afirma Ildazio Tavares Jr., CEO da Viramundo Produções, empresa organizadora do evento.

 

Leia também:

Afropunk Brasil 2024 inicia venda de ingressos para público geral

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Política