Pular para o conteúdo
Início » Suspeito do maior vazamento de dados da internet brasileira é preso em Feira de Santana

Suspeito do maior vazamento de dados da internet brasileira é preso em Feira de Santana

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

De acordo com a Polícia Federal, o hacker é investigado por vazar informações privadas de 223 milhões de pessoas

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (9), em Feira de Santana, um hacker suspeito de promover o maior vazamento de dados do País, com a divulgação de informações de 223 milhões de pessoas. Segundo os investigadores ele é investigado por invadir sites do Senado, Exército e Tribunal Superior Eleitoral.

Agora detido preventivamente, o hacker estava foragido desde novembro de 2023, quando quebrou a tornozeleira eletrônica que usava por ordem judicial no âmbito da Operação Deepwater, aberta em março de 2021.

A ordem foi expedida pela 1ª Vara Federal de Uberlândia (MG). O hacker ficará à disposição da Justiça no Centro de Observação Penal, em Salvador, informou a PF.

O suspeito já havia sido preso em outra ocasião: em 2019, por invadir os sites da Polícia Civil e do Ministério Público de Minas, do Tribunal de Justiça de Goiás e do Exército.

Leia também:

Twitter Brasil afirma não ter controle da operação da rede no país

CAE do Senado rejeita mudança no projeto de lei da isenção do IR e mantém texto do relator

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)