header1_bg
1__BANNER_728x90
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_728x90___APP_ALBA_1_2
BANNER_CAPITAL_728x90___SAO_JOAO_2024
BANNER_728x90___BRT_LAPA
BANNER_728x90___E_LAURO__E_TRABALHO
1__BANNER_728x90
Pular para o conteúdo
Início » Professores da UFBA deflagram estado de greve

Professores da UFBA deflagram estado de greve

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Inicialmente, os docentes irão paralisar as atividades por 72 horas, conforme anunciado pelo Apub Sindicato

Os professores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) entraram em estado de greve após uma assembleia geral realizada nesta quinta-feira (25). Inicialmente, eles irão paralisar as atividades por 72 horas, conforme anunciado pelo Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia (Apub). As informações são do Aratu On.

No evento, a professora Celi Taffarel, do Departamento de Educação Física, declarou que a categoria rejeitou a proposta do governo de “0% de recomposição” e destacou a importância de fortalecer o movimento nacional.

“Neste momento são mais de 34 federais em greve, inclusive da base da Apub. Para pressionar o governo, precisamos, hoje, deflagrar greve, sim. No dia 29, a federal da Bahia dará o exemplo para o Brasil e entrará em greve”, disparou a professora. 

Leia também: 

Legislativo americano aprova lei que permite professores armados nas salas de aula

Alunos da UFBA protestam contra professor na sala de aula e exigem exoneração

Lula defende greve e diz que “dará o que pode” a servidores

Marcações:

Política