Pular para o conteúdo
Início » Prefeituras-bairro de Salvador também vão receber doações de água e itens de limpeza para famílias do Rio Grande do Sul

Prefeituras-bairro de Salvador também vão receber doações de água e itens de limpeza para famílias do Rio Grande do Sul

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Donativos serão recolhidos até próxima quarta-feira (15), das 8h às 16h, nas dez unidades espalhadas na capital baiana

As dez unidades das Prefeituras-bairro da capital baiana também receberão donativos, a partir desta quinta-feira (9), da ação ‘Salvador Solidária’, que visa arrecadar água para as vítimas das chuvas e das enchentes no Rio Grande do Sul, assim como materiais de limpeza como água sanitária, detergente e sabão. A campanha começou nesta quarta-feira (8), com o posto de coleta na sede da Defesa Civil de Salvador (Codesal), na Avenida Bonocô.

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) esteve pela manhã na sede da Codesal. Segundo ele, até o meio-dia, já haviam sido doados 3 mil litros de água. “Nossa expectativa é passar da casa de 50 mil litros. Hoje, por enquanto, estamos recebendo as doações apenas aqui, na Defesa Civil, mas amanhã (quinta) vamos receber também nas Prefeituras-Bairro. Quero convocar todos os soteropolitanos a ajudarem os nossos irmãos do Rio Grande do Sul que estão passando, infelizmente, por muitas dificuldades”, afirmou.

As doações serão recolhidas até a próxima quarta-feira (15), das 8h às 16 horas. “Já estamos fechando uma parceria com a Azul (companhia aérea) e com a Força Nacional para levar todo esse material arrecadado para o Rio Grande do Sul. Esperamos que, no máximo nesta sexta-feira, já possamos fechar e enviar o primeiro carregamento”, disse Bruno Reis.

As doações devem ser de água mineral, em garrafas de qualquer tamanho, ou de produtos de limpeza, como água sanitária, sabão em barra ou em pó, detergente, entre outros. Esses são os produtos que os municípios gaúchos mais precisam neste momento.

“Na última segunda-feira, tive contato com o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, e ele me disse que o maior problema, tanto na sua cidade como nas demais, era a necessidade de água potável e de materiais de limpeza. Que eles já estão recebendo outros donativos, mas estão em situação de desabastecimento de água. Então, se a gente pudesse ajudar arrecadando esses donativos, seria muito importante”, explicou Bruno Reis.

Diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macêdo destacou que a mobilização é urgente. “Só em Porto Alegre, são cerca de 10 mil pessoas desabrigadas, que estão em abrigos provisórios. Além da capital, as chuvas e a enchente afetaram também a Grande Porto Alegre, então a Prefeitura de lá acaba auxiliando também essas outras cidades menores da região”, disse.

“Em 2021 nós fizemos uma campanha parecida, quando tivemos fortes chuvas no interior da Bahia. Naquela ocasião, enviamos para municípios afetados 40 toneladas de alimentos e 50 mil litros de água. É o que a gente pretende fazer de novo agora, com essa mobilização na Defesa Civil”, completou Sosthenes Macêdo.

 

Para ajudar: Doações podem ser encaminhadas para o PIX do Governo do Rio Grande do Sul – CNPJ: 92.958.800/0001-38

 

Leia também:

Shopping disponibiliza pontos de arrecadação para as vítimas das enchentes do RS

Santa Casa da Bahia recebe doações para vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul

Bombeiros baianos já resgataram mais de 212 pessoas e 20 animais no Rio Grande do Sul

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)