Pular para o conteúdo
Início » Prefeitura de Lauro de Freitas explica denúncia sobre aquisição de ar-condicionado

Prefeitura de Lauro de Freitas explica denúncia sobre aquisição de ar-condicionado

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Gestão está sendo investigada por contratos firmados com empresas para instalação de aparelhos  nas escolas da rede pública municipal

Após o Ministério Público Federal (MPF) abrir um inquérito civil para investigar a Prefeitura de Lauro de Freitas por três contratos firmados com empresas para a aquisição e instalação de aparelhos de ar-condicionado nas escolas da rede pública municipal, a gestão se pronunciou.

Os valores dos contratos somam cerca de R$ 16,6 milhões. Deste total, mais de R$ 8,3 milhões já foram pagos, mas os estudantes ainda convivem com o calor em sala de aula.

Em 19 de julho de 2022, a prefeitura contratou a empresa Projetaj para a execução de adequação de unidades escolares para climatização, no valor de quase R$ 3,9 milhões. Entre fevereiro e outubro de 2023, essa mesma empresa recebeu quase R$ 2,2 milhões. Neste mesmo ano, houve um aditivo de cerca de R$ 1,8 milhão. E em janeiro deste ano, R$ 200 mil foram empenhados.

Já em 15 de maio de 2023, a prefeitura formalizou outro contrato, com a empresa Santorini e com o mesmo objetivo, no valor de quase R$ 4,9 milhões. Desse total, já foram pagos quase R$ 3 milhões em outubro do mesmo ano.

Também em 15 de maio de 2023, a empresa Futura Contratação foi contratada por quase R$ 3,1 milhões, já tendo recebido R$2,3 milhões entre julho e novembro do mesmo ano.

A denúncia ao MPF foi formulada pela oposição à prefeita Moema Gramacho (PT). Políticos do bloco dizem que estiveram nas escolas da rede para fiscalizar e que praticamente nenhuma delas tem ar-condicionado.

Em nota, a Secretaria Municipal da Educação (Semed) de Lauro de Freitas informou que a denúncia é improcedente, “uma vez que todas as ações empreendidas pelo município foram pautadas pela legalidade e transparência, visando proporcionar um ambiente educacional adequado para nossos alunos”.

A secretaria explica as licitações realizadas e afirma que os processos foram para a preparação das escolas, o que inclui a aquisição e instalação de usinas fotovoltaicas. Sobre a climatização, o órgão diz que foi firmado um contrato específico para realizar uma reforma estrutural nas salas, incluindo a rede elétrica.

A Semed diz ainda que o contrato para a instalação dos aparelhos ainda está em andamento. As escolas municipais já climatizadas são Pedro Paranhos, Jardim Talismã, Enock Amaral, Dom Avelar, Fênix, Vila Praiana, Jacira Fernandes, Tenente Gustavo e Vida Nova.

Confira a nota da secretaria na íntegra

“A Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Educação, diante das denúncias veiculadas pela oposição em relação à compra e aquisição de aparelhos de ar-condicionado para climatização das unidades escolares, vem a público esclarecer os fatos e repudiar tentativas infundadas de politização do tema.
 
A denúncia apresentada é improcedente, uma vez que todas as ações empreendidas pelo município foram pautadas pela legalidade e transparência, visando proporcionar um ambiente educacional adequado para nossos alunos. Destacamos os seguintes pontos fundamentais:
 
1. Licitações Realizadas: O município conduziu diversas licitações para a preparação das escolas, incluindo a aquisição e instalação de usinas fotovoltaicas. São 11 usinas instaladas, contribuindo não apenas para a climatização, mas também gerando economia e acumulando energia para a rede.
 
2. Contrato de Climatização: Foi firmado um contrato específico para climatização das unidades escolares, no qual a empresa contratada realizou uma reforma estrutural nas salas, incluindo adequação da rede elétrica, fechamento de janelas e rebaixamento com cobertura de forro no teto.
 
3. Compra de Aparelhos de Ar-Condicionado: Paralelamente, foi efetuada a compra e aquisição de aparelhos de ar condicionado, todos devidamente recebidos, atestados e tombados, encontrando-se armazenados no almoxarifado.
 
4. Contrato em Andamento: Destacamos que está em andamento um contrato para a instalação desses aparelhos em algumas unidades, seguindo rigorosamente os trâmites legais estabelecidos pela lei orgânica.
 
Ressaltamos o compromisso desta gestão em proporcionar ambientes propícios ao aprendizado, sempre em consonância com a legislação vigente. Repudiamos tentativas de distorção dos fatos com fins eleitoreiros, reiterando nosso comprometimento com a educação de qualidade e o bem-estar dos estudantes.

Escolas da rede municipal que já contam com ar-condicionado:

1 – PEDRO PARANHOS 
2 – JARDIM TALISMÃ
3 – ENOCK AMARAL 
4 – DOM AVELAR
5 – FÊNIX
6 – VILA PRAIANA 
7 – JACIRA FERNANDES 
8 – TENENTE GUSTAVO
9 – VIDA NOVA”

 

 

Leia também:

STF inicia julgamento de mais 15 réus do 8 de janeiro 

Veja como será esquema de segurança de ato de Bolsonaro na Paulista 

Roma participa de ato pró-Bolsonaro em São Paulo 

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)