Pular para o conteúdo
Início » Governador não responde sobre abertura de barragem em São Cristóvão

Governador não responde sobre abertura de barragem em São Cristóvão

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Medida deixou moradores ilhados por mais de 24 horas após forte chuva cair em Salvador no último dia 6

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) não quis comentar, na manhã desta segunda-feira (15), as críticas feitas pelo prefeito Bruno Reis (União Brasil) que o governo do Estado não informou à Defesa Civil de Salvador sobre a abertura da barragem em São Cristóvão. A medida deixou moradores ilhados por mais de 24 horas após forte chuva cair em Salvador no último dia 6. As casas da Rua Norte 2 foram invadidas pela água do temporal e da barragem do Rio Ipitanga 1, que abriu as comportas, sem nenhum aviso prévio.

Questionado pelo Portal M!, se houve alguma negligência da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o governador saiu pela tangente e não quis entrar em detalhes. “Todas as nossas ações são super planejadas, a gente trabalha com planejamento. Inclusive, com planejamento a médio e longo prazo pra nós investirmos em saneamento, pavimentação. Eu espero que o Poder Executivo municipal faça um balanço no que está sendo feito de trabalho de pavimentação e escoamento do que é de responsabilidade do município”, disse Jerônimo.

A barragem Ipitanga 1 fica no bairro Boca da Mata e alimenta o Rio Ipitanga, que corta os bairros Parque São Cristóvão, Cassange e deságua na foz do Rio Joanes, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Moradores reclamam que o alagamento já acontece no local há mais de 20 anos e clamam por soluções do governo do Estado.

Em nota divulgada na última semana, a Embasa informou que “a abertura parcial das comportas da barragem de Ipitanga 1, iniciada na semana passada, é uma medida necessária para garantir sua segurança estrutural”. “A existência da barragem, na verdade, possibilita uma liberação gradual da água acumulada, servindo como contenção ao aumento súbito do nível do rio em época de chuvas”.

Já a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder) afirmou, também em nota, que as obras de macrodrenagem do Joanes-Ipitanga já foram finalizadas e o trecho agora conta com seis reservatórios de amortecimento, sendo quatro na calha do rio Ipitanga e dois em afluentes. Segundo a empresa, o reservatório de amortecimento 1, que fica em Cassange, possui volume aproximado de armazenamento de 315 mil m³ de água das chuvas e impediu que ao menos 315 mil metros cúbicos de água potencializassem os estragos causados pelas fortes chuvas no local.

Encostas

Ainda na entrevista, o governador comentou sobre outra crítica do prefeito de que ele e o ex-governador Rui Costa (PT), atual ministro da Casa Civil, não teria feito um bom trabalho em relação às encostas na capital baiana e, por isso, Bruno disse que “estaria resolvendo esse problema”. Jerônimo disse que é preciso fazer um comparativo das obras executadas pelo governo estadual e as do município.

“A respeito das encostas, eu quero ter acesso, qual o volume de investimentos que o Estado fez ao longo dos tempos de encostas e qual o que a prefeitura fez. Se for numa dosagem de buscar a comparação dos investimentos, vejam qual foi o volume de recursos, quais são as encostas de tamanho que um poder público municipal fez e que o estadual fez, da era Wagner, principalmente da era Rui e do que nós estaremos fazendo. E além disso, comparar o material, vamos comparar o material, a durabilidade, avaliar o tipo de material que as encostas feitas pelo governo do Estado e o que a prefeitura fez”, ressaltou ao Portal M!.

“Eu não quero entrar nessa seara, mas é bom a gente poder comparar, a sociedade de Salvador vê. Mas era bom a gente poder cuidar porque continua chovendo, e a preocupação nossa, minha em especial, é para que as pessoas possam ter o amparo da prefeitura em parceria com o governo federal, com a defesa civil”, completou o petista durante evento de entrega de helicóptero, drones e viaturas à polícia militar e Corpo de Bombeiros em Salvador.

Confira entrevistas:

Leia também:

Jerônimo entrega viaturas, helicóptero e drones para PM e Corpo de Bombeiros

Paulo Coutinho diz que ações de facções criminosas serão combatidas em qualquer lugar do Estado

“Vão ajudar bastante a operação de bombeiro em toda Bahia”, diz comandante-geral do CBM-BA

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)