Pular para o conteúdo
Início » Criação do Selo de Origem Artesanato da Bahia valoriza produção local

Criação do Selo de Origem Artesanato da Bahia valoriza produção local

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Certificação atende aos critérios de identidade cultural e visual, qualidade, inovação com equilíbrio e adequação econômica, entre outros

O Selo de Origem Artesanato da Bahia, certificado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), através da Coordenação de Fomento ao Artesanato (CFA), foi criado na Bahia. A ação reconhece e autentifica a origem do produto artesanal do Estado.

Ao adquirir um produto com o Selo de Origem Artesanato da Bahia, o consumidor terá a comprovação de sua qualidade e de que o trabalho foi desenvolvido pelas mãos de artesãs e artesãos baianos, a partir dos saberes e fazeres regionais.

Estes produtos podem ser encontrados nas lojas Artesanato da Bahia, na Casa Artesanato da Bahia (Porto da Barra), Foyer do Hotel Mercure, no Museu de Arte Contemporânea – MAC, e em feiras e eventos de comercialização promovidos pelo programa Artesanato da Bahia.

Lançado em 2020, o programa de certificação vem contribuindo para a preservação de produtos tradicionais, estimulando o desenvolvimento de propostas inovadoras. O Selo de Origem Artesanato da Bahia é conferido aos produtos que atendem aos critérios de identidade cultural, qualidade, inovação com equilíbrio, adequação econômica, eficiência logística, identidade visual, adequação ergonômica e respeito socioambiental.

Além de garantir a identificação do artesanato baiano, o Selo traz vários benefícios para o setor, principalmente, a busca pela excelência da cadeia produtiva artesanal. A qualidade deste produto, diferenciado pela diversidade de técnicas, que refletem a pluralidade cultural do Estado, é reconhecida também pela criatividade das artesãs e artesãos baianos em qualquer parte do mundo.

Certificações dos produtos

Os produtos são certificados nos níveis Quartzo, Esmeralda e Diamante. Entre os trabalhos contemplados com o selo Quartzo, estão a Onça Tuxá, esculpida em madeira, pelo artesão indígena Ailton Tuxá, da Rota Kiriri, no Território Semiárido Nordeste II; e quadro Farol da Barra, feito com mosaicos de azulejo por Oscar Álvares Pinto, da Rota Baía de Todos-os-santos, no Território Metropolitano. 

Na categoria Esmeralda, destaque para o Boneco Catador de Algodão, criado em tecido de algodão, couro e lã, pela mestra artesã Luzia Torres, da Rota dos Trançados, do Território Sertão Produtivos; e para a Baiana com Tabuleiro de Acarajé, com base de coco e modelagem em massa fria, feita por Mirinha Leal, do Território Salvador, Recôncavo e Baía de Todos-os-Santos.

Leia também:

Aranha-caranguejeira é resgatada nas ruas do Centro Histórico; veja o vídeo 

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)