header1_bg
Pular para o conteúdo
Início » Codesal volta a acionar sirenes em três comunidades de Salvador

Codesal volta a acionar sirenes em três comunidades de Salvador

banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

A previsão para esta quinta-feira é de céu nublado a parcialmente nublado com chances de até 90% de chuvas moderadas a fortes, a qualquer hora do dia.

Devido ao risco de deslizamento de terra ocasionado pelas fortes chuvas na capital baiana, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) voltou, na manhã desta quinta-feira (25), a acionar as sirenes do Sistema de Alerta e Alarme nas comunidades do Calabetão; Voluntários da Pátria e Baixa do Cacau.

As sirenes são acionadas quando são registradas chuvas fortes acima de 150 mm em 72 horas.

Seguindo o que determina o protocolo do Plano de Prevenção de Defesa Civil (PPDC), a Codesal havia acionado dias 7 e 8 de abril, as 14 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme instaladas em 14 áreas de risco prioritárias: Mamede, Bom Juá, Irmã Dulce, Mangabeira 1, Mangabeira 2, Calabetão, Vila Picasso, Creche, Moscou, Voluntários da Pátria, Vila Sabiá, Baixa do Cacau, Bosque Real e Olaria. 

No dia 15 de abril as sirenes das comunidades de Creche (Castelo Branco), Bosque Real (Sete de Abril) e Moscou (Castelo Branco) voltaram a ser acionadas. Os moradores naquelas comunidades foram conduzidos a uma unidade de acolhimento localizada em escola do município, onde ficam abrigadas até a cessação do risco.

“As pessoas devem ficar atentas, procurar sair de suas casas ao menor sinal de risco, buscar abrigo em locais seguros, mesmo que a intensidade da chuva se reduza, pois o solo continua bastante encharcado e é grande o risco de deslizamento”, alerta o  diretor da Codesal, Sosthenes Macêdo.

Previsão do tempo

A previsão para esta quinta-feira (25) é de céu nublado a parcialmente nublado com chances de até 90% de chuvas moderadas a fortes, a qualquer hora do dia.

Os maiores acumulados de chuva em 12 horas na capital baiana, dados atualizados às 16h de quarta-feira (24), foram registrados em Massaranduba (87,6 mm), Boa Vista de S. Caetano (86,6 mm), Capelinha – Vila Picasso(77,4 mm), Calabetão (70,2 mm) e Uruguai (69,2 mm).

De acordo com as informações do Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme da Defesa Civil, já choveu 775,2 mm até às 10h30, desta quinta-feira, segundo a estação pluviométrica de Ondina, usada como referência. A média histórica para todo o mês é de 284,9mm.

A Codesal permanece de plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

 

Leia também:

Chuvas em Salvador já superam quase o triplo da média histórica para abril

Marcações:
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
banner_portal_noticias__1_Milhao_de_Amigos_osid___1140x130px
2__BANNER_1140x130___CUIDANDO_DE_VOCE (1)

Política