Guarda Civil Municipal aponta redução nas ocorrências na folia

Guarnição considerou positivos os números contabilizados através do Núcleo de Estatística do órgão

Por Redação
14/02/2024 às 11h31
  • Compartilhe
Foto: Bruno Concha / Secom PMS
Foto: Bruno Concha / Secom PMS

A Guarda Civil Municipal de Salvador apresentou os resultados das ações desenvolvidas ao longo do Carnaval de Salvador, considerando como bastante positivos os números contabilizados através do Núcleo de Estatística do órgão (Nest).

"Dentro da perspectiva que compete às funções da Guarda Civil Municipal, temos um cenário melhor do que o apresentado no Carnaval 2023. Alguns casos pontuais que ocorreram na folia, cuja resolução é de responsabilidade de outras instituições, estão sendo devidamente tratados. Contudo, numa avaliação geral, consideramos o melhor carnaval de atuação da Guarda Civil Municipal", afirma Marcelo Silva, Inspetor Geral da Guarda Civil Municipal.

Dentre os vários circuitos, um diferencial desse ano foi o carnaval no Santo Antônio Além do Carmo, que já se tornou uma outra opção para o folião. "A gente fez um ordenamento bem organizado e a Guarda Civil Municipal atuou para dar tranquilidade a quem aproveitou a região", frisou o Diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima, ao destacar a dedicação dos servidores para o sucesso da atuação da GCM, nos diversos dias consecutivos de evento, nos quatro circuitos em que a instituição atuou (Dodô, Osmar, Batatinha e Santo Antônio Além do Carmo), em apoio aos diversos órgãos e atividades que compuseram a folia momesca.

Atendimentos e ocorrências

A GCM contabilizou ao longo de todo o Carnaval 26 ocorrências, o que representou uma redução de 39,5%, em relação ao ano passado, quando foram computadas 43 registros. O Circuito Dodô (Barra) obteve o maior quantitativo com 12 registros, seguido do circuito Osmar (Campo Grande) com 11 e Batatinha (Pelourinho) com apenas três.

Foram registrados ainda 819 atendimentos, um crescimento de 17,7% em relação ao mesmo período do ano anterior, 876 patrulhamentos preventivos, além de 291 abordagens e 522 apoios aos diversos órgãos que atuaram na folia.

 

Identificação de Crianças

Pioneira no serviço de identificação de crianças em grandes eventos, há quase dez anos a Guarda Civil presta esse atendimento, considerado uma das frentes de apoio preventivo. Mais de 17 mil crianças foram identificadas nos três circuitos do carnaval deste ano, um aumento de 24,7% em comparação ao último carnaval.

"Realizamos ainda mais de 1.100 ações de prevenção à violência, com apoio de 97 veículos, 10 elevados, 13 bases avançadas e 157 câmeras de segurança distribuídas nos circuitos e monitoradas pelo nosso Centro Integrado de Inteligência, Comando e Videomonitoramento (Cicomv)", detalhou o Diretor Maurício Lima.

 

Banda de Música

Composta por 18 servidores da instituição, a tropa musical da GCM realizou várias apresentações em abrigos para idosos, no Camarote da Acessibilidade e nos Centros de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência - CAAC's -, que acolhem os filhos de ambulantes cadastrados na prefeitura e que estão trabalhando durante os dias do evento. Equipes da GCM também realizaram atividades recreativas com as crianças.

 

Coleta de documentos

O serviço de recolhimento de documentos perdidos ao longo dos circuitos, realizado desde 2014, contabilizou 163 documentos recuperados pela Guarda; em 2023 foram 253. "Hoje, com o acesso às plataformas digitais, boa parte da população utiliza documentos de identificação e meios de pagamento diretamente no celular, o que reduz a circulação dos documentos físicos. Outro fator que corrobora com a queda no número no material coletado é que esse serviço está sendo prestado por outros órgãos.", afirmou o Inspetor Marcelo.

A lista com o nome das pessoas que tiveram seus documentos encontrados está disponível para consulta no site da GCM. Após o carnaval, o material será levado para a base da Guarda, na Avenida San Martin, e deverá ser retirado pelo titular dentro do prazo de 30 dias. Após esse período, os documentos são devolvidos para seus respectivos órgãos expedidores.

 

Leia também:

Polícia Militar apreende máquina de choque e spray de pimenta entre objetos retidos nos portais