Campanha de vacinação antirrábica começa na segunda-feira, em Salvador

Cem postos estarão disponíveis, das 8h às 14h, para os tutores levarem cães e gatos

Por Redação
06/08/2022 às 08h00
  • Compartilhe
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou que iniciará, na próxima segunda-feira (8), a Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. A estratégia ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, em cem postos de saúde da capital.

Prevista para se estender até 17 de setembro, a campanha também terá atuação volante dos agentes de saúde e pontos itinerantes situados em locais de grande circulação da cidade. A estimava é que 190 mil animais sejam imunizados na campanha.

A pasta informou também que a vacinação ocorrerá nos fins de semana, a partir do próximo dia 20, em sistema drive-thru. Os tutores e seus animais poderão comparecer ao campus da UniFTC, na Paralela, e ao Estacionamento I do Shopping da Bahia. 

A lista completa dos locais estará disponível no site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e nas redes sociais oficiais da prefeitura, além do canal Fala Salvador 156 e pelo telefone do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) - (71) 3611-7331 -, através do qual será possível também tirar dúvidas.

Para evitar a disseminação da Covid-19, é recomendável o uso da máscara pelos tutores que levarem os bichos para imunização. Devem ser vacinados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes. O último caso de raiva humana em Salvador foi registrado em 2004.

 

Proteção 

De acordo com o titular da SMS, Décio Martins, a estratégia foi montada para facilitar o acesso às doses, garantindo assim a proteção dos animais e, consequentemente, da população.

"Fomos a primeira capital do país a adotar a imunização de animais no sistema drive-thru e deu certo, porque entendemos que é preciso facilitar o acesso às doses pelos tutores dos cães e gatos que trabalham durante os dias úteis. Além disso, essa descentralização dos postos alcança as famílias em áreas mais vulneráveis e ONGs que não tem condições de arcar com a vacina em rede privada e, agora, podem buscar o serviço em diversos pontos da cidade", afirmou.

Já a veterinária do CCZ, Danielle Dantas, destacou que a vacinação antirrábica é a principal medida de prevenção da raiva, que é uma zoonose com quase 100% de letalidade.

"Por isso é importante que a população procure os postos. Nos últimos anos, Salvador registrou casos confirmados de raiva em morcegos e, com isso, os cães e gatos de estimação ficam vulneráveis ao contato", alerta.