Illy e Marina Sena lançam o single "Quente e colorido"

Faixa com produção de Iuri Rio Branco é pop com influências do reggae e ganhou cenas gravadas na Bahia dirigidas por Dauto Galli

 

 

Por Redação
14/01/2022 às 12h36
  • Compartilhe
Foto: Maria Mango
Foto: Maria Mango

Illy e Marina Sena estão juntas no single e clipe "Quente e colorido". A canção faz parte do terceiro álbum de estúdio da cantora baiana, "O que me cabe", previsto para chegar em fevereiro nas plataformas de música através do selo Alá, com distribuição da Altafonte..

A faixa produzida por Iuri Rio Branco e composta por Marina é pop com células do reggae. O arranjo e a harmonia entre as vozes das cantoras trazem um resultado especial para este encontro que chega com direito a clipe rodado na Bahia e dirigido por Dauto Galli.

As cenas foram rodadas no histórico e abandonado Cine Jandaia e num casarão no Santo Antônio Além do Carmo. "Marina é uma das maiores artistas do Brasil e o primeiro disco dela veio para provar isso. A gente se conheceu no Samba de Fraldas de meu filho, Martim, e notei ali que além de uma cantora fantástica ela era alto astral", conta Illy.

"Antes disso, eu já tinha me apaixonado também pela compositora que ela é. Rimas fáceis, versos modernos e um jeito especial de falar sobre relações", opina.

O encontro artístico entre as duas iria acontecer em 2020, num show de Illy em Belo Horizonte com participação de Marina que foi adiado por conta da pandemia. A relação continuou e em busca de repertório pro seu álbum, a baiana se encantou por "Quente e colorido".

"Illy é chique demais. Uma cantora super interessante e fiquei feliz quando ela falou que ia gravar minha música no disco. Acho legal que as pessoas me vejam também como compositora", afirma Marina.

"Depois, fiquei ainda mais feliz quando ela me convidou pra cantar junto. Gravamos as vozes e filmamos o clipe numa vibe deliciosa e ainda passamos dias inesquecíveis em Salvador", lembra. 

Confira o clipe:

Letra:

A gente se ajeita

De um jeito

Parece até que

Tem tempo que o mundo

Se ajeita Pra ver a gente se encontrar

Tudo que já passei

Crimes que cometi

Se fui fora da lei Se me comprometi

Se fui e já voltei

Tentei não consegui

Eu li na minha mão

O meu caminho.

Tudo que já rezei

Parei na contramão

Eu me purifiquei

Pisei com os pés no chão

Foi pra ver você chegar

E me dizer

Que tudo que mais quer sou eu

Que tudo que passou, valeu

Pra ver que é real

Paraíso total

É tudo quente e colorido