Vacina contra Covid-19 para crianças terá intervalo de oito semanas

Prazo foi ampliado por causa da escassez dos imunizantes para o público de 5 a 11 anos

Por Redação
05/01/2022 às 22h20
  • Compartilhe
Foto: Reprodução / Agência Brasil / SOPA Images
Foto: Reprodução / Agência Brasil / SOPA Images

O intervalo entre as doses pediátricas de vacinas da Pfizer aplicadas nas crianças de 5 a 11 anos no Brasil será de oito semanas. A bula aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) indicava um espaço de tempo de três semanas, mas o intervalo será ampliado por causa de uma maior resposta imunológica e a escassez de imunizantes para a criançada.

A Anvisa aprovou a vacina da Pfizer para aplicação nas crianças em 16 de dezembro, em meio a  muita polêmica. Apenas nesta quarta-feira (5), o Ministério da Saúde decidiu não tornar obrigatória a prescrição médica para imunizar o público de 5 a 11 anos. 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deu várias declarações contrárias à imunização de crianças. Uma consulta pública foi realizada pelo Ministério da Saúde. O resultado foi que a maioria manifestou-se contra exigência de receita médica para vacinação deste público.

 

* Com informações de O Globo.